Últimas Notícias do GrêmioEspeciaisGreNalHistóriaJogadores

113 anos de GreNal: o grande massacre do Grêmio está de aniversário

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Dia 18 de julho de 1909 ocorria o primeiro GreNal da história, mas essa história começa um pouco antes. No dia 21 de junho do mesmo ano, a alta cúpula do Inter se reuniu com representantes do Grêmio para programarem o primeiro jogo entre as duas equipes.

O convite feito ao Grêmio era para que o jogo fosse disputado no dia 27 de junho daquele ano, mas o Tricolor tinha um jogo programado contra o Fuss-Ball. No entanto, mesmo assim o então presidente gremista à época, Major Augusto Koch, confirmou a partida, mas afirmou que colocaria em campo uma equipe reserva. Os responsáveis pelo Internacional, por sua vez, não aceitaram que o adversário fosse com o escrete de suplentes.

18 de julho de 1909 entrou para a história

O jogo marcado para o Estádio da Baixada em um domingo às 15h10. O Grêmio entrou com seu uniforme metade azul e metade branco e calções pretos. Não há uma oficialidade no número de torcedores presentes, mas estipulou-se, à época, que seria algo em torno 2 mil expectadores.

O primeiro jogador a tocar na bola, em um clássico Grenal, foi Edgar Booth, assim que o árbitro Waldemar Bromberg apitou para o início da partida. Além de estar na história por ser o primeiro a tocar na bola, Booth incrementou ainda mais sua presença nos livros da história do clássico. Aos 10 minutos do etapa inicial, o atleta marcou o primeiro gol da partida e o primeiro gol na história dos clássicos. E assim, o Grêmio rumou para a maior goleada do clássico até os dias atuais.

Marca histórica

Edgar Booth marcou cinco gols na partida, Júlio Grûnevald marcou mais quatro vezes e Moreira complementou sacramentando a impiedosa goleada histórica de 10 a 0.

O árbitro de campo foi Waldemar Bromberg, os auxiliares foram João de Castro e Silva, H. Sommer (juízes de linha) e os juízes de gol (ficavam sentados em um banco ao lado das goleiras, para averiguar se a bola havia entrado ou não, pois não havia redes na época) eram Theobaldo Foernges e Theodoro Bugs.

A ficha técnica do 1° Grenal:

Grêmio: Kallfelz; Deppermann; Becker; Karls; Black; Mostardeiro; Brochado; Grünewald; Moreira; Booth e Schröder.

Internacional: Luiz Poppe; Portella; Simoni; Vignoles; Pires; Wetternich; José Poppe; Carvalho; Cezar; Mendonça e Carvalho.

IMG 20220718 WA0215

Diego Torbes

Diego Torbes, natural de Bagé, jornalista em formação e associado à ACEG. Gremista de nascença com olhar crítico e analítico dos bastidores do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo