Últimas Notícias do GrêmioJogadores

Alvo recente do Grêmio, atacante pede rescisão no Corinthians

O atleta cobra pendências do clube paulista

Gustavo Mosquito Grêmio
Imagem: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

Atacante sondado pelo Grêmio coloca Corinthians na justiça

Na manhã desta quarta-feira (03), o Corinthians enfrentou uma situação complicada ao ver dois de seus jogadores acionarem a justiça contra o clube. Os atacantes Arthur Sousa e Gustavo Mosquito reclamam de atrasos no pagamento de direitos de imagem e no depósito do FGTS.

Leia mais:

Grêmio x Palmeiras deve contar com grande público no Centenário

Grêmio perde para o Bragantino e encerra invencibilidade como mandante

Gustavo Mosquito, que esteve na mira do Grêmio no início da temporada, pediu a rescisão de seu contrato com o Corinthians devido aos atrasos nos pagamentos. O jogador de 26 anos também não participou das atividades desta quarta-feira no CT Joaquim Grava.

É importante destacar que o contrato de Mosquito foi renovado em janeiro de 2024, sendo válido até junho de 2026, com o Corinthians detendo 100% dos direitos econômicos do atleta. Caso a rescisão seja concretizada, o clube não receberia nenhuma compensação financeira em uma possível negociação futura.

Na temporada, o atacante jogou 27 jogos e anotou um único gol e duas assistências, atuando por 822 minutos.

Interesse antigo do Tricolor

Em fevereiro, Mosquito era alvo do Tricolor Gaúcho para reforçar a equipe na temporada. O interesse do clube, no entanto, não avançou para uma negociação e o Grêmio acabou contratando o argentino Cristian Pavón para a posição.

Vasco da Gama, Fortaleza, Santos e Vitória também buscaram informações sobre o jogador na oportunidade, mas sem realizar uma proposta oficial ao Corinthians.

 

Imagem destaque: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo