Últimas Notícias do Grêmio

Apesar da derrota, Vagner Mancini considera atuação do Grêmio boa e pede calma para a torcida

Apesar do bom volume de jogo e conclusões a gol durante a primeira etapa, o Grêmio levou 2 a 0 do Atlético-GO na noite de segunda-feira. Com mais um fracasso, o tricolor gaúcho chegou a 14° derrota no Campeonato Brasileiro e se mantém na zona de rebaixamento com 26 pontos.

Apesar da derrota, Vagner Mancini considera atuação do Grêmio boa e pede calma para a torcida

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico Vagner Mancini deixou explícita sua frustração com mais um resultado negativo e argumentou que o time do Grêmio demostrou um futebol mais incisivo no início do jogo, porém, os jogadores se abalaram em campo depois de tomar o primeiro gol.

“Tivemos uma grande oportunidade no primeiro tempo de fazer o placar do jogo. Com uma desenvoltura muito boa, com velocidade, transição e tudo que pedimos no vestiário, tudo foi feito. Esbarramos em alguns erros. Não tem como chegar com uma varinha mágica e corrigir todos os erros em dois jogos com uma semana de trabalho. É necessário tempo, cabeça no lugar, que sejamos mentalmente equilibrados para não piorar a situação”, afirmou.

Tentando achar explicação para a inércia do Grêmio ao tentar reagir para buscar o empate no segundo tempo, o técnico Vagner Mancini justificou que não se pode jogar a responsabilidade do revés em apenas um jogador, mas em todos que compõe o elenco do tricolor gaúcho, inclusive nos erros de avaliação da comissão técnica.

“Quando perde, se gera uma série de especulação em cima dos atletas. Não podemos olhar assim, temos que olhar o todo e priorizar o coletivo. Todos precisam dar sua contribuição, não só os que entram em campo. Quem está no banco, todos de fora, tudo faz parte do ambiente”, frisou Mancini.

Com uma atuação fraca em campo, o zagueiro Paulo Miranda está sendo considerado o principal culpado pela torcida por mais uma derrota no Brasileirão. Com intenção de blindar o atleta, o técnico Vagner Mancini explicou que jogar a responsabilidade em apenas uma pessoa não vai resolver a situação difícil que o Grêmio se encontra na competição.

“A atuação do Paulo e de outros está ligada a aspectos emocionais. No jogo com o Juventude nos ajudou, foi elogiado. Não estou aqui para analisar individualmente. Estamos tentando levar tranquilidade para os atletas, pois eles também estão ansiosos, são seres humanos que querem acertar”, ilustrou.

Sobre a decepção de mais uma vez perder a chance de sair da zona de rebaixamento, o comandante da casamata gremista descreveu o ambiente dentro do vestiário

“Estão todos abalados no vestiário. Estão ansiosos, e tudo isso me preocupa. Mas esbarramos em erros que acontecem, especialmente nas finalizações. Vamos valorizar as coisas boas feitas para que nos próximos jogos a postura seja diferente”, ressaltou

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTokTwitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Roberto Salatino

Jornalista com alma azul celeste. Fanático por futebol e pelo Grêmio.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo