Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Cinco atacantes das categorias de base que não se consolidaram no Grêmio

Nomes que eram promessas no time principal, mas não fizeram sucesso e encerram vínculo com o Tricolor

- Publicidade -

O Grêmio enfrenta um momento em que cada decisão deve ser bem pensada. Com a disputa pelo título da Copa do Brasil e o próximo calendário muito próximos, o clube gremista passa por um impasse que há muito tempo não vivenciava: decidir quem irá substituir um de seus atacantes, Pepê. Alguns nomes das categorias de base do Grêmio já estão de olho na vaga.

É provável que você também goste:

Até Renato pode ficar fora do jogo contra o Bragantino

Relembre o primeiro título do Grêmio na Copa do Brasil

Presidente do Grêmio bate o martelo sobre vinda de Tiago Nunes

- Publicidade -

Robinho deixa o Grêmio e já tem novo clube

Cinco atacantes das categorias de base que não se consolidaram no Grêmio

O Tricolor conquistou o título da Copa do Brasil pela última vez em 2016, e desde então, o time sempre pôde contar com substitutos da categoria de base para suprir a necessidade de ocupar a vaga da ponta esquerda.

Pedro Rocha, Fernandinho, Everton e Pepê são atletas que já estavam por casa e que passaram pela posição. Agora, outros nomes promissores fazem parte desse elenco, como Elias, Léo Chú e Ferreira. Mas nem sempre os jogadores da base fizeram sucesso no Grêmio. O Imortal já teve atletas que não se consolidaram no time profissional.

- Publicidade -

O atacante Yuri Mamute defendeu a camisa gremista pela primeira vez no ano de 2001. Embora tivesse porte de centroavante, o jovem acabou atuando pelos lados, devido a sua velocidade. Chegado ao time com apenas 16 anos, o atleta permaneceu no Grêmio somente até 2018, sem conseguir se consolidar no profissional. Yuri, que também acabou não se firmando em nenhum dos times brasileiros para que foi emprestado, atualmente joga no Japão e não tem mais vínculos com o time gaúcho.

Ainda com Roger Machado como treinador, Léo Tilica veio para o time profissional, mas só com Renato Portaluppi conseguiu estrear em campo. Seu prazo para se consolidar com o Grêmio encerrou-se em 2018. O jovem também foi emprestado para times brasileiros como Atético Tubarão e Confiança, mas também não dando certo, hoje joga na Grécia e seu vínculo com o time de Portaluppi também foi encerrado.

Estreando pelo Brasileirão em 2017, Vico disputou no total sete partidas com a camisa gremista, sem marcar gol. Não tendo conquistado o técnico, o Grêmio emprestou o atleta para o Ponte Preta e após para o Vitória, onde joga até hoje. O ponta-direita teve seu contrato encerrado com o time de Renato em dezembro do ano passado.

Visando a Libertadores de 2017, Renato Gaúcho acabou optando algumas vezes por um time alternativo nas disputas do Campeonato Brasileiro. Foi nessa época que Dionathã pintou nos campos pelo Imortal. O jogador até se destacou na base, por ser um atleta que atuava bem em ambos os lados na base. Porém, também não se firmou no time principal e acabou sendo emprestado para o Paysandu. Nos dias atuais joga em Portugal.

- Publicidade -

A chance de Guilherme veio em 2016, assim que chegou do São José-POA, time para o qual havia sido emprestado na época. Depois, o jovem foi para o Botafogo, Chapecoense, Coritiba e por fim, ao Sport. Guilherme foi destaque no Sport na campanha da série B 2019, marcando 17 gols. Desde janeiro do ano antecessor, o ex-Grêmio faz parte do elenco do Al-Faisaly, na Arábia Saudita.

Enfim, gostou do artigo?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Reprodução/UOL

- Publicidade -

Assine nossa Newsletter
Assine nossa Newsletter e fique por dentro das últimas notícias do Gremio
Você pode assinar a nossa newsletter a qualquer momento

- Publicidade -

Comentários
Carregando...