CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Bruno Uvini dá forte discurso sobre enchentes no Rio Grande do Sul

A família do zagueiro ainda está em Porto Alegre

Zagueiro Bruno Uvini - Vitoria
Imagem: Divulgação Vitoria FC

Bruno Uvini expressa solidariedade e pede paralisação do futebol Brasileiro

Em uma entrevista coletiva emocionante concedida nesta quarta-feira (8), o zagueiro Bruno Uvini, atualmente no Vitória, não apenas trouxe à tona a tragédia das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul, mas também defendeu veementemente a paralisação do futebol brasileiro em solidariedade aos afetados.

Com o coração pesado, Bruno Uvini compartilhou que tem familiares diretamente impactados pelas chuvas devastadoras na região, incluindo sua esposa e filhos que ainda estão em Porto Alegre, capital do estado. A situação se tornou ainda mais angustiante com o fechamento do aeroporto, impedindo sua família de se juntar a ele em Salvador.

Leia mais:

Ex-Grêmio, Suárez faz vídeo emocionante sobre enchentes no RS

Faça a diferença na vida das vítimas das enchentes no RS com 99 centavos

Zagueiro defende a importância de cada vida

O zagueiro, que recentemente defendeu o Grêmio, não poupou palavras ao expressar sua preocupação com a continuidade dos jogos, argumentando que seria injusto para os clubes gaúchos retornarem às competições enquanto enfrentam uma crise humanitária de proporções alarmantes. Ele enfatizou que muitos jogadores estão envolvidos em ações de resgate e ajuda às vítimas, e seria desumano exigir que voltem à rotina de jogos sem o devido suporte e compreensão.

As palavras de Uvini ecoam não apenas como um apelo pela paralisação do futebol, mas também como um chamado à solidariedade e compaixão em tempos tão difíceis. Sua posição firme, embasada em sua própria conexão pessoal com a tragédia, ressoa como um lembrete da importância de colocar as vidas humanas em primeiro lugar, mesmo em meio ao cenário competitivo do esporte.

Enquanto o Rio Grande do Sul enfrenta uma das piores crises de sua história, com um número alarmante de mortos, feridos e desaparecidos, Bruno Uvini nos lembra que, acima de tudo, somos todos parte de uma comunidade maior, onde a empatia e a solidariedade devem prevalecer. Que suas palavras inspirem não apenas reflexão, mas também ação concreta em apoio àqueles que mais necessitam neste momento de adversidade.

 

Imagem destaque: Gustavo Langer / Portal do Gremista

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo