cbf não deve utilizar

Com a pandemia do novo coronavírus, o futebol brasileiro acabou sendo paralisado por tempo indeterminado, assim como em outras partes do mundo. Como já estamos chegando em maio e os campeonatos regionais ainda não terminaram, muitos gostariam que a CBF, entidade máxima do futebol brasileiro adotasse o calendário europeu. Entretanto, a entidade já deu seu parecer sobre o assunto, a CBF não deve utilizar o calendário europeu no Brasil.

É provável que você também goste:

Bolsonaro ligou para Renato e queria a volta do futebol

Prefeitura de Porto Alegre autoriza equipe do Grêmio a sair da quarentena

Será que Marcelo Grohe pode ser devolvido ao Grêmio?

Presidente do Inter causa polêmica em meio à pandemia

CBF não deve utilizar o calendário europeu no Brasil

Se adotasse o calendário europeu, elogiado por diversos torcedores e especialistas, as principais competições do Brasil dariam início entre julho e agosto de 2020 e se encerrariam em maio de 2021, como ocorre na Europa. As férias seriam dadas aos jogadores no meio do ano.

A pandemia abriu esta possibilidade, com essa hipótese sendo levantada nos bastidores. Porém, o presidente da CBF, Rogério Caboclo, não deverá levar essa questão adiante. Ele entende que o calendário atual é perfeito para um país como o Brasil. Ou seja, ele não tem convicção de que o calendário europeu possa dar certo por aqui.

O Campeonato Brasileiro 2020 deverá ser disputado com a mesma fórmula de pontos corridos e 38 rodadas.

A CBF segue firme na ideia de realização do Campeonato Brasileiro de 2020, com a mesma fórmula prevista, com pontos corridos em 38 rodadas.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Shutterstock/A.PAES

Deixe um comentário