CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

CBF não tem um plano B mas o Brasileirão deve começar em agosto

A CBF já está finalizando os preparativos para o início do Brasileirão 2020, que deve ocorrer nos dias 8 e 9 de agosto. Além da Série A, as séries B e C também deverão iniciar nos mesmos dias. Entretanto, a CBF não tem um plano B para eventuais problemas que a pandemia pode causar.

É provável que você também goste:

Romildo já admite que o Caxias deve ser o Campeão Gaúcho de 2020

Goleiro do Grêmio interessa ao futebol espanhol, diz empresário

Presidente de clube é contra dar o título do Gauchão para o Caxias

CBF não tem um plano B, mas Brasileirão segue com data marcada

A entidade precisou se adequar a diversas modificações para que o campeonato possa iniciar. Por exemplo, partidas em cidades sem clubes participantes do Brasileirão serão aceitas, além disso, a tabela será adaptada, assim como a logística. As datas das partidas também serão flexibilizadas.

A ideia inicial, era que primeiro se encerrassem os Estaduais, para depois sim, iniciar o Brasileirão. Entretanto, com as medidas de restrição dos estados por conta da pandemia do novo coronavírus, as partidas ainda estão proibidas. Desta forma, o Brasileirão já tem a sua data para iniciar e os Estaduais precisarão se adaptar a isso. Se a Federação Gaúcha de Futebol seguir com a ideia de terminar o torneio dentro de campo, as partidas se darão em meio ao Brasileirão.

Protocolo de segurança da CBF deverá ser seguido à risca

Além de planejar algumas adaptações para o início do Brasileirão, a CBF também elaborou um protocolo de segurança, que terá colaboração de mais de 140 médicos. As determinações são semelhantes àquelas apresentadas nos países cujo futebol está em andamento e às propostas pela Federação Gaúcha (FGF), como portões fechados para torcidas, redução de profissionais nos jogos, higienização de ambientes, uso de máscara, entre outros.

Outra medida adotada pela CBF é que se pelo menos 80% das cidades com times nos campeonatos tiverem partidas de futebol liberadas pelas autoridades, o início estará liberado. Mas isso não significa que um clube precise jogar apenas nesses locais. O Grêmio por exemplo, poderá mandar seus jogos em Caxias ou outra cidade se Porto Alegre não estiver liberada.

Tabela de jogos sofreu alterações

A pedido dos clubes, a tabela de jogos sofrerá alterações, por conta da logística. Desta forma, se um clube vem enfrentar o Grêmio em Porto Alegre, na próxima rodada ele enfrentará o Inter, também em Porto Alegre. Isso evita um maior número de viagens e também os aeroportos.

Ainda em relação à logística, é outro fator determinante para a CBF. A entidade diz que uma normalização da malha aérea é fundamental para a disputa, que garanta viagens para os clubes. O último dos requisitos é que haja três semanas de pré-temporada para todos os times.

Por fim, a fórmula dos pontos corridos com 38 rodadas será mantida com o encerramento previsto para fevereiro de 2021, mesmo com jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: A.PAES via Shutterstock

Cássio Coelho

Jornalista, fundador do site Portal do Gremista, apaixonado por futebol e gremista fanático.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo