CampeonatoFutebol FemininoÚltimas Notícias do Grêmio

CBF pega pesado e faz proposta polêmica para clubes gaúchos do Brasileirão

A solução da CBF é pesada e suas ideias surgem como polemicas

Grêmio x Inter Gauchão Feminino 2023CBF
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

CBF surge com solução polemica para as equipes femininas do sul

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou uma bomba que promete agitar o Brasileirão Feminino: uma proposta polêmica para Grêmio e Internacional. As Gurias Gremistas e Coloradas tiveram suas partidas adiadas por conta das enchentes no Rio Grande do Sul, acumulando três e quatro jogos a menos, respectivamente. Para não mexer no calendário inicial, a CBF quer que os times gaúchos joguem de três em três dias – ou de 66 em 66 horas. Isso mesmo, com deslocamentos e viagens incluídas!

O artigo 27 do regulamento geral de competições da CBF dá respaldo à proposta, estabelecendo um intervalo mínimo de 66 horas entre as partidas. Porém, a medida levanta preocupações sobre o equilíbrio técnico do campeonato, já que, em uma temporada normal, as equipes jogam apenas uma vez por semana.

Os números assustam: em um período tradicionalmente reservado para três jogos, Grêmio e Inter teriam que disputar sete. Isso vai contra o primeiro artigo do regulamento, que fala em “assegurar a imprevisibilidade dos resultados, a igualdade de oportunidades, o equilíbrio das disputas”.

Leia mais:

Grêmio aguarda dois desfechos no mercado para receber dinheiro nos cofres

Grêmio tem zagueiro que vale milhões treinando com o elenco em São Paulo. Saiba quem é!

Como farão e a Ideia da CBF

As Gurias Gremistas enfrentarão quatro (dos sete) jogos fora de casa, com deslocamentos para enfrentar Flamengo, São Paulo, Santos e Atlético-MG. Já as Gurias Coloradas têm três (dos oito) jogos fora de casa contra Botafogo, Palmeiras e Avaí Kindermann. Além disso, sem o aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, até setembro, as viagens se tornam ainda mais complicadas.

Em casa, o Grêmio precisará de alternativas, já que o CT Hélio Dourado ficou submerso. O Complexo Esportivo da Ulbra é uma opção, mas está sendo usado como abrigo. O Inter pode jogar no Sesc Protásio Alves, que está trocando o gramado, ou no CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada.

Com Jogos Olímpicos, Copas do Mundo sub-17 e sub-20 no horizonte, a CBF não abre mão do calendário. A única brecha seria utilizar a data Fifa de julho para as duas últimas rodadas da Série A-1. Isso ainda será discutido entre os clubes e a entidade.

 

Imagem destaque: Lucas Figueiredo/CBF

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo