Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Confira a trajetória do Grêmio no Brasileirão Sub-20

Fora das fases finais da competição, Tricolor foi competitivo até o fim e promoveu bons nomes para o futuro da categoria e do Clube

- Publicidade -

Foi por pouco, mas o Grêmio não conseguiu sua classificação para a próxima fase do Brasileirão Sub-20 e agora terá que fazer um verdadeiro check list dos prós e contras de toda a campanha.

- Publicidade -

Em 19 partidas disputadas, o Grêmio venceu oito duelos, empatou cinco vezes e acabou sendo derrotado em outras seis oportunidades, finalizando assim sua participação na 11ª colocação, com 29 pontos somados ficando a dois pontos da zona de classificação.

Veja como foi toda a campanha do Grêmio no Brasileirão Sub-20

Com um time composto por guris de até 19 anos, o Tricolor iniciou sua trajetória na disputa nacional com uma espinha dorsal formada por Hugo, Gustavo Marins, Velasco e Léo Fenga.

Na primeira partida, o Grêmio foi derrotado pelo Botafogo por 2 a 0, em uma tarde onde as coisas não deram muito certo. Entretanto, neste duelo Ronald, Lucas Alves e Rubens, figuras que foram importantes mais à frente, estavam no banco de reservas e começaram a se entrosar com o grupo.

- Publicidade -

No entanto, a partir da segunda rodada o tricolor engatou uma sequência de cinco vitórias consecutivas, com grande destaque para a goleada aplicada sobre o Santos por 5 a 2, com gols de Léo Fenga (2x), Matheus Machado, Kevin e Everton. Com essa boa fase, o Grêmio chegou a ocupar a segunda colocação do Campeonato Brasileiro.

Porém, após a excelente sequência de bons resultados, o Imortal passou a oscilar muito na disputa. Nas sete rodadas seguintes, o Grêmio somou apenas sete pontos, o que dificultou muito a situação da equipe que, mesmo em má fase, ainda flertava com o G8.

Grêmio oscila e passa a lutar por vaga na zona de classificação

Neste período, a equipe do grêmio já estava sob o comando de Guilherme Bossle que promoveu a entrada de alguns atletas no time. Com o goleiro Hugo passando a integrar o Grupo de Transição em eventuais necessidades, o arqueiro Thiago Beltrame passou a ganhar espaço na equipe e assumiu a meta.

- Publicidade -

Além dele, figuras como Cuiabano, Wesley Ferreira, Lucas Kawan, Rubens e Ronald passaram a assumir um papel de maior protagonismo e começaram a ser mais observados pelos seus adversários. Com esses expoentes, o grêmio até fez três duelos de exceção mesmo durante este período de maior inconstância.

Contra o Corinthians, o Grêmio foi superior e venceu o duelo por por 2 a 1, em casa, com gols de Rubens e Cuiabano, e conquistou três pontos importantes. Diante do Cruzeiro, pela 12ª rodada, o Tricolor lutou do início ao fim e acabou empatando o confronto por 3 a 3, com tentos de Rubens, Gabriel Silva e Léo Oliveira.

Pela 13ª rodada, Grêmio e São Paulo fizeram um dos grandes jogos da primeira fase. O então líder da competição foi um adversário extremamente perigoso ao longo dos 90 minutos, tanto que o placar de 2 a 2 foi, de certa forma, justo pelo que ambas as equipes proporcionaram. Diante disso, foi possível pensar em uma possível classificação do Imortal, mas não aconteceu.

Gurizada gremista lutou até o último suspiro, mas não conseguiu ir às quartas de final

- Publicidade -

Restando seis rodadas para o término da primeira fase, o Grêmio precisava mudar sua mecânica de jogo e caprichar mais em momentos críticos do jogo para sair vitoriosa. No entanto, os seguidos desfalques por lesão, suspensões e convocações não ajudaram o time que seguiu em má fase.

Nem mesmo a vitória por 7 a 2 contra o Sport, pela 16ª rodada, deixou a equipe em situação tranquila na tabela. A sétima colocação era, naquela altura, um pouco incomoda, pois um deslize poderia tirar a equipe do G8, e foi o que aconteceu. Nas duas rodadas seguintes, o Tricolor foi derrotado por Athletico-PR e Atlético-MG, e chegou para a última rodada com chances muito remotas de classificação.

O Grêmio até fez sua parte e venceu o Fluminense, mas não foi o suficiente. O 1 a 0 no marcador, com gol de Lusinho, não foi o bastante, pois o Imortal precisava de uma vitória de oito gols de diferença, além de torcer pelos tropeços de Internacional, Vasco e Corinthians.

Apesar do insucesso, Grêmio descobre bons nomes para o futuro

- Publicidade -

O objetivo principal do time certamente era a classificação para às quartas de final, mas por conta de uma grande inconsistência, o Grêmio ficará de fora das fases finais da disputa. Entretanto, alguns bons nomes chamaram a atenção e devem seguir sendo destaque na base.

Gustavo Marins, Cuiabano, Lucas Kawan e Velasco também mostraram potencial e devem seguir trabalhando na próxima temporada já pelo Grupo de Transição. Ronald, Lucas Alves, Wesley Ferreira, Leo Oliveira, Gabriel Silva e Thiago Beltrame também são bons nomes para se observar, todos foram importantíssimos para que o time mantivesse o alto nível de competitividade até o final.

Os dois principais destaques do times estiveram na parte ofensiva do time. Rubens, de 18 anos, com sete gols, e Léo Fenga, de 19 anos, com seis tentos,  fizeram a diferença em muitos duelos e foram os artilheiros da equipe.

Enfim, gostou da notícia?

- Publicidade -

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Rodrigo Fatturi/Grêmio

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.