Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Conheça Everaldo, o único jogador do Grêmio a fazer parte do tri do Brasil em 1970

1

- Publicidade -

Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Nascido em Porto Alegre, mais precisamente no bairro Glória, Everaldo foi um dos grandes expoentes do Grêmio na segunda metade do século XX. Defensor de características leais, marcou uma geração de gremistas que sonhavam em ser como ele. Conquistou o seu espaço no Tricolor depois de muito esforço e profissionalismo, construindo uma história que ficou eternizada na bandeira do clube, anos mais tarde.

- Publicidade -

Suas raízes simples na zona sul de Porto Alegre perpetuaram a personalidade simpática e muito querida por todos. Everaldo, como toda criança brasileira nos anos 50, sonhava em ser jogador de futebol e suas aptidões o levaram ao topo de seus desejos. O narrador Pedro Ernesto Denardin, foi criado no mesmo bairro do lateral gremista e revelou ter o jogador como um de seus grandes ídolos de infância.

Início no Grêmio

Em 1957, por influência de um amigo próximo, Everaldo foi fazer um treino nas categorias de base do Grêmio. Chegando no Estádio Olímpico, o jovem de 13 anos treinou e chamou a atenção do então técnico da base Ulisses Vieira, que perguntou se o garoto não tinha interesse de voltar para fazer mais treinos no clube. Ele participou de mais um treinamento no Tricolor Gaúcho e de lá projetou a sua carreira como um grande jogador.

- Publicidade -

Aos 20 anos, em 1964, Everaldo subiu para a equipe principal do Grêmio. Sem muito espaço, acabou sendo emprestado para o Juventude, em 1965. Na Serra, o jovem lateral teve uma ótima passagem e retornou ao Tricolor em 1966. Sua afirmação na equipe titular do escrete gremista aconteceu em uma partida contra o Cruzeiro de BH, quando saiu do banco e anulou o ponta-direita Natal, craque da Raposa na época.

Disputa da Copa do Mundo de 1970

Quando a Seleção Brasileira foi desclassificada por Portugal, com gol de Eusébio, na Copa do Mundo disputada em 1966, na Inglaterra, Everaldo e seu irmão Dico conversavam em sua casa e o então jogador do Grêmio fez uma promessa e afirmou que no mundial de 1970 ele estaria presente. Inclusive, o ala frisou que o Brasil seria campeão. Os atletas do futebol brasileiro que figuravam na Amarelinha naquele período se restringiam aos clubes do Rio de Janeiro e São Paulo.

- Publicidade -

Eram poucas as convocações de jogadores de outros estados. O lateral-esquerdo Everaldo quebrou a regra e chamou a atenção do técnico Zagallo, que o convocou como reserva para a disputa da Copa do Mundo do México. Ele foi reserva somente na partida inaugural do torneio, conquistando a posição e jogando todos os jogos até a final, contra a Itália. A sua capacidade de cumprir funções táticas viabilizou a sua titularidade.

Único jogador de clubes gaúchos a conquistar uma Copa do Mundo como titular

Everaldo conquistou o seu espaço na Seleção Brasileira sem ser um exímio craque. Ele chegou até a titularidade na Copa de 1970 por espaços que necessitavam de reposição, como lado esquerdo da defesa. Além de ter sido o único jogador de um clube gaúcho na história a conquistar uma Copa do Mundo como titular da Seleção, Everaldo também foi capaz de para Porto Alegre em sua chegada após a conquista do tricampeonato.

Comentários do Facebook

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais

script async type='text/javascript' src='//s.clickiocdn.com/t/221287/360_light.js'>
CAMISA DO TRICOLOR GAÚCHO É ELEITA UMA DAS MAIS BONITAS DO BRASIL TENHA UMA SEXTA-FEIRA BEM INFORMADA COM ESSAS NOTÍCIAS DO GRÊMIO GURIAS DO GRÊMIO EMBARCAM PARA SÃO PAULO PARA JOGO CONTRA PALMEIRAS GRÊMIO CONTA COM AO MENOS 3 JOGADORES QUE JÁ VENCERAM O CRUZEIRO 5 MATÉRIAS DO GRÊMIO PARA INICIAR A QUINTA-FEIRA BEM INFORMADO