Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

De virada, com gol de Borja, Grêmio vence a Chapecoense na Arena

Gabriel Chapecó, Alisson e Borja deram a vitória para o Grêmio.

- Publicidade -

O Grêmio foi do inferno ao céu nesta noite contra a Chapecoense. Saiu perdendo, logo aos 3 minutos, mas conseguiu a virada e conquistou mais três no pontos no Brasileirão. Os gols do Grêmio foram anotados por Alisson e o estreante Borja. Mas se não fosse o goleiro Gabriel Chapecó, que fez uma defesa espetacular quando já estava 1 a 0 para a Chapecoense, talvez o resultado positivo não viria.

- Publicidade -

Grêmio vence a Chapecoense na Arena

Primeiro tempo

O jogo começou on fire. Com menos de um minuto o Grêmio criou duas boas chances de abrir o placar. Alisson fez boa jogada pela esquerda e cruzou ara Borja, mas a defesa conseguiu afastar para escanteio. No escanteio, cobrança curta para Vanderson, que cruzou para a área e Ruan cabeceou firme, mas a bola foi para fora, tirando tinta da trave.

A Chapecoense também foi para o ataque cedo e não desperdiçou. Aos 4 minutos, Denner, reestreando com a camisa da Chapecoense, achou Busanello pela esquerda. O atleta cruzou rasteiro, forte. Geromel tentou afastar de carrinho, mas não conseguiu e a bola sobrou para Anselmo Ramon que, de canhota, chutou forte, sem chances para Gabriel Chapecó.

- Publicidade -

Aos 7 minutos a Chapecoense por pouco não marcou o segundo. Geuvânio recebeu sozinho na entrada da área e carimbou a trave. No rebote, Anselmo Ramon chutou e Brenno fez um milagre espalmando para escanteio.

O Grêmio partiu para cima. Aos 12 minutos, após um bate rebate, Alisson chutou girando e a bola passou muito perto. E aos 17 minutos veio o empate. Darlan meteu uma linda bola para Alisson, no meio dos volantes da Chapecoense que tentaram roubar a bola. Alisson, de fora da área, arriscou e acertou um belo chute, forte e rasteiro, batendo na bochecha da rede.

Aos 20 minutos Darlan tentou a finalização, parecida com a de Alisson. Mas dessa vez, bem posicionado, o goleiro João Paulo encaixou a bola com facilidade.

Aos 30 minutos o Grêmio chegou de novo e virou a partida. Alisson cruzou para Borja, que sofreu um pênalti claro ao ser impedido de correr em direção bola. Na cobrança, o estreante Borja bateu forte, com categoria: Grêmio 2 a 1.

- Publicidade -

Borja queria mais. Aos 35, em contra ataque, Jean Pyerre rolou para Borja na entrada da área. O colombiano dominou, chutou, desviou no zagueiro encobrindo o goleiro, mas foi para fora, passando muito perto.

Aos 39 minutos o Grêmio por muito pouco não ampliou. Em cobrança de escanteio, o goleiro João Paulo afastou mal para entrada da área. Darlan tocou por cima da defesa, encontrando Jean Pyerre, que escorou para o lado para Geromel. O zagueiro dividiu com João Paulo, encobriu o goleiro e a bola caprichosamente bateu na trave.

E foi isso na primeira etapa, Grêmio 2 a 1.

Segundo tempo

- Publicidade -

Logo aos 4 minutos, Douglas Costa levou uma bicuda na canela ao tentar um drible. O árbitro marcou pênalti, mas após o VAR avisar, marcou falta fora da área. Na cobrança, Jean Pyerre acertou a barreira.

A Chapecoense tinha mais a posse de bola, mas não conseguia finalizar no gol de Gabriel Chapecó. O Grêmio teve a sua primeira boa chance aos 18 minutos. Jean Pyerre deu belo passe para Vanderson, que brigou com o marcador, devolver para Jean, que devolveu de primeira para Vanderson cruzar para Borja. O centroavante um pouco desequilibrado cabeceou para cima, longe do gol.

Felipão então mexeu na equipe, tirando Darlan e Douglas Costa para as entradas de Lucas Silva e Léo Pereira, claramente com o objetivo de melhorar o setor de marcação. Aos 29 minutos de novo, entrando Maicon e Luiz Fernando para as saídas de Jean Pyerre e Borja.

As mudanças de Felipão surtiram efeito. Aos 36 Maicon puxou o contra ataque, tabelando com Alisson. Maicon então enfiou a bola para Luiz Fernando, que limpou a marcação e tentou o chute. A bola desviou e sobrou limpa para Léo Pereira que tentou de primeira a finalização, mas pegou mal na bola, que passou longe da meta de João Paulo.

- Publicidade -

E foi isso. De virada, o Grêmio bateu a Chapecoense na Arena, conquistando sua segunda vitória no Brasileirão, a primeira na Arena. Com a vitória o Grêmio chega aos 10 pontos, segue em 19º, mas agora há cinco pontos para sair da zona rebaixamento. Já a Chapecoense, se afunda ainda mais, permanecendo com quatro pontos na lanterna.

Na próxima o rodada, o Grêmio vai a São Paulo, encarar o São Paulo no Morumbi. Será um confronto direto, já que os paulistas são o primeiro clube fora do Z-4.

Ficha da partida

ESCALAÇÕES

- Publicidade -

Grêmio: Gabriel Chapecó; Vanderson, Geromel, Ruan e Bruno Cortez; Thiago Santos, Darlan (Lucas Silva) e Jean Pyerre (Maicon); Douglas Costa (Léo Pereira), Alisson (Diogo Barbosa) e Borja (Luiz Fernando).

Chapecoense: João Paulo; Matheus Ribeiro, Kadu, Derlan e Busanello; Anderson Leite (Foguinho), Léo Gomes (Moisés Ribeiro) e Geuvânio (Ravanelli); Mike (Felipe Baxola), Denner e Anselmo Ramon (Perotti).

CARTÕES

Grêmio: Darlan

- Publicidade -

Chapecoense: Anselmo Ramon, Derlan e Denner.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Elton Silveira/W9 PRESS/GAZETAPRESS

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.