CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Diretor do Athletico-PR solta o verbo e endossa discurso do Grêmio sobre o Brasileirão

Clube se posicionou fortemente sobre a paralisação do campeonato

Diretor do  Athletico-PR André Mazucco
Imagem: José Tramontin/Athletico PR (Diretor do Athletico-PR André Mazucco)

Athletico-PR apoia a paralisação do Brasileirão

Em meio às reviravoltas e debates que envolvem o cenário do futebol brasileiro, o Athletico-PR posicionou-se de forma firme e clara quanto à discussão sobre a paralisação do Brasileirão. Após uma contundente vitória sobre o Palmeiras no último domingo (12), o diretor André Mazucco e o técnico Cuca endossaram o discurso levantado pelo Grêmio e demais clubes gaúchos, defendendo o adiamento de algumas rodadas da competição nacional.

Leia mais:

Alberto Guerra dá nova atualização sobre posicionamento do Grêmio diante das enchentes do RS

Grupo do Grêmio, Libra tem divergência quanto a paralisação do Brasileirão. Entenda!

Clube mudou sua opinião ao ver tamanha tragedia do RS

Num primeiro momento, o presidente Mário Celso Petraglia havia expressado a posição contrária do clube em relação à paralisação do futebol brasileiro, em virtude da tragédia climática que assola o Rio Grande do Sul. Contudo, a manifestação posterior de Andre Mazucco sinalizou uma mudança de postura, reforçando o apoio do Athletico-PR à solicitação apresentada pelos clubes gaúchos.

“Nossa posição é de apoio total e irrestrito aos clubes gaúchos. A decisão que for melhor para esses clubes, em meio à tragédia, é o que vamos seguir”

Afirmou Mazucco, diretor de futebol do Athletico, reiterando a solidariedade e o respaldo à iniciativa dos times do sul do país.

Cuca, por sua vez, respaldou a ideia de adiamento de algumas rodadas do Brasileirão, enfatizando a necessidade de garantir condições equitativas para todos os participantes da competição.

“Os times que estão acumulando jogos para frente, o que vai acontecer com eles? Eles vão chegar e jogar sem treino? Vai estourar jogador. Essa sequência maluca que estão propondo não permite isonomia, igualdade no campeonato. Na minha opinião, temos que ser justos, temos que parar”, ponderou o técnico.

Diante dessas declarações, o Athletico-PR reforça não apenas sua posição no âmbito esportivo, mas também seu compromisso com a empatia e o respeito diante das adversidades enfrentadas pelos demais clubes do Brasil.

 

Imagem destaque: Jose Tramontin/ Athletico-PR

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo