situação financeira do Grêmio
Notícias

Dirigente do Grêmio esclarece situação financeira depois de jornalista da RBS dizer que clube estava sem “grana”

608views

Dirigente do Grêmio esclarece situação financeira depois de jornalista da RBS dizer que clube tava sem “grana”. Uma informação trazida por Pedro Ernesto Denardin, da Rádio Gaúcha, fez o presidente do Conselho deliberativo do Grêmio, Carlos Biedermann, vir a público responder a declaração.

É provável que você também goste:

Grêmio GOLEIA o Atlético-MG fora de casa por 4 a 1 e ultrapassa o Inter

É mole ou quer mais? Gurias Gremistas goleiam João Emílio por 15 a 0

Carol Portaluppi é agredida em balada por torcedores do Flamengo.

Segundo o jornalista da Gaúcha, o Grêmio estaria “sem grana” e por isso necessitou de um empréstimo bancário para quitar dívidas operacionais fora do futebol.

Dirigente do Grêmio esclarece situação financeira depois de jornalista da RBS dizer que clube estava sem “grana”

Embora o empréstimo tenha sido confirmado, ele apenas serviu para regularizar o fluxo de caixa devido à nova forma de pagamento dos direitos de transmissão na TV, onde 30% da cota passa a ser entregue no fim da temporada. O valor do crédito é no valor de R$ 10 milhões.

“O que posso dizer é que o Grêmio havia praticamente zerado o endividamento bancário no meio do ano. É normal que ocorra desequilíbrio de caixa no curso da temporada. E operações de créditos são normais. Não é nada preocupante. Acredito que o Grêmio seja um dos clubes brasileiros com menor dívida”, destacou Biedermann à reportagem.

Grêmio tinha que ter vendido Everton para melhorar situação financeira?

Pedro Ernesto ainda disse, no programa Sala de Redação, sobre a necessidade de vender jogadores. “O Grêmio já fez um empréstimo bancário esses dias, porque terminou a grana. O Grêmio precisa vender um jogador. Poderia ter negociado o Everton, mas pediu 40 milhões de euros e não levou. Acho que poderia ter negociado um pouco. Para pagar algumas contas, não a folha de pagamento, precisou fazer empréstimo. Nada demais. Isso faz parte. O Grêmio não tem receita sem venda de jogador para pagar as suas contas. Não há receita suficiente”, informou.

Demonstrativos contábeis contrariam fala de Pedro Ernesto

Por fim, demonstrativos contábeis e financeiros apresentam números positivos do segundo trimestre de 2019, em reunião do Conselho em agosto. O site do Grêmio, em nota, informou um superávit de 30 milhões de reais. Além disso, o Tricolor ainda pode lucrar em 2019 com a campanha na Libertadores.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Luiz Felipe Kessler
Graduado em Administração de Empresas pela UFRGS. Gremista, entusiasta de fintechs e tudo o que a tecnologia proporciona de facilidades em nossas vidas. Co-fundador dos sites Seu Crédito Digital, Conexão Estudante, Optclean Tecnologia e Portal do Gremista.