Efeitos da pandemia de Covid-19 pode afetar o Grêmio por 2 anos

Encerrado o primeiro trimestre, a direção do Grêmio já trabalha para fazer um mapeamento dos possíveis cenários futuros, por conta da pandemia do novo coronavírus. Os efeitos da pandemia de Covid-19 pode afetar o Grêmio por 2 anos. Isso porque, o clube já negocia alguns pagamentos que deveriam ser feitos em 2021, apenas para 2022. Isso deverá servir como uma forma de proteção das finanças do clube gaúcho.

É provável que você também goste:

Grêmio já autorizou o empresário de Everton Cebolinha a buscar interessados

Confira quanto o Grêmio vai receber da linha de crédito da CBF

Efeitos da pandemia de Covid-19 pode afetar o Grêmio por 2 anos

O objetivo principal do clube é que os credores recebam os valores ao mesmo tempo que o tricolor gaúcho se recupera dos efeitos causados pela pandemia de Covid-19 que estamos vivendo em 2020. Com a medida, o Grêmio conseguirá manter uma saúde financeira estável.

Ainda está sendo discutida a hipótese de haver mais uma negociação com o elenco. Até o momento, apenas o pagamento referente aos direitos de imagem dos atletas foram adiados. Entretanto, a direção poderá negociar a redução salarial dos jogadores para manter a sustentação financeira do clube durante a crise.

O futebol deverá retornar no Estado dia 19 de julho, quando o Gauchão 2020 será retomado.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor

Imagem: Reprodução/Grêmio