Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Empresário de Maicon nega atrito do jogador com técnico Felipão

"Sempre existiu uma relação paterna entre os dois."

- Publicidade -

- Publicidade -

Diante das limitações físicas para apresentar um futebol de alto nível, como lhe é característico, o rompimento do vínculo entre Grêmio e o volante Maicon ocorreu em comum acordo devido a seguidas contusões do jogador. Na entrevista realizada pela rádio Gaúcha, o empresário do jogador, Jorge Machado, revelou que a decisão vem sendo avaliada já faz algum tempo pelo atleta.

Empresário de Maicon nega atrito do jogador com técnico Felipão

Com 35 anos, Maicon não consegue ter uma sequência consistente de partidas faz algum tempo. Explicando o anúncio da rescisão de contrato do jogador com o tricolor gaúcho, Jorge Machado destacou que o volante não estava se sentindo a vontade sem jogar e recebendo um salário alto e que por isso decidiu pela saída.

- Publicidade -

“Vínhamos conversando sobre isso. Em uma conversa na segunda pela manhã, analisamos bem a situação. Conversamos se havia a necessidade dele (Maicon) estar passando por isso. Fizemos uma ligação para o Herrmann, que é uma pessoa de alto nível, que nos recebeu. Falamos da vontade do Maicon e ela veio ao encontro da ideia do Grêmio também. Sabemos do sofrimento que ele estava tendo. Foi uma boa para todo mundo. O Maicon não estava mais conseguindo ajudar o Grêmio”, informou o empresário do jogador.

Negando problemas com dirigentes gremistas ou com o técnico Felipão, Jorge Machado argumentou que a rescisão de contrato partiu do próprio Maicon, que se sentia impotente para acrescentar ao clube nesse momento complicado na tabela do Brasileirão. Deixando explícito o respeito que nutre pelo comandante da casamata gremista, o empresário contestou a versão de discussão no vestiário após a derrota para o Corinthians.

“A saída do Maicon não teve nada a ver com ninguém da diretoria. Foi uma ideia que partiu dele, da qual eu me incluo. Eu também concordei. Não teve, nem existiu nenhuma discussão do Felipão com o Maicon. Sempre existiu uma relação paterna entre os dois. Não houve absolutamente nenhum desconforto. O Maicon viu que era a hora de encerrar (o ciclo no Grêmio)”, alegou Jorge Machado.

Pegando a todos de maneira inesperada, o empresário do jogador não descartou a possiblidade de algum dia Maicon voltar ao Grêmio em alguma função fora de campo.

- Publicidade -

“O Maicon vai seguir no futebol. É algo que ele ama e onde ele tem uma leitura tática impressionante. Sinceramente, como não foi algo premeditado, não foi definido nada sobre o futuro ainda. Ele tem de se livrar das dores. (Sobre assumir algum cargo no Grêmio, caso se aposente do futebol) É possível, sim. O Maicon deixou as portas abertas. Quem sabe do futuro?”, ilustrou o dirigente.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

- Publicidade -

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.