vestir a camisa do grêmio

Que a camisa do Grêmio é bem pesada e todos querem vesti-la, não é nenhuma novidade. Até mesmo os colorados querem ter o gostinho de vestir uma camisa ”copeira”. Como é o caso do ex-jogador do Inter, Alan Ruschel. Em entrevista ao Esporte Interativo, o lateral-esquerdo revelou a vontade de vestir a camisa do Grêmio, mesmo sendo colorado desde criança.

É provável que você também goste:

Arena e Olímpico Monumental aparecem na lista dos estádios com mais jogos pela Libertadores na história

Por dívida na venda de Marcelo Grohe, Grêmio envia novo pedido à FIFA

Grêmio deve receber valor milionário que faltava da venda de Bolaños

Ex-lateral do Inter diz que placar do GreNal dos 5 a 0 nunca mais vai acontecer

Ex-jogador do Inter revela desejo de vestir a camisa do Grêmio

Alan Ruschel atuou pelo Inter entre os anos de 2014 e 2015. Foi emprestado para a Chapecoense, onde sofreu o terrível acidente aéreo que matou grande parte do elenco e comissão técnica do clube catarinense. Na ocasião, o Inter renovou o contrato do atleta e ofereceu suas estruturas para a recuperação do jogador. Entretanto, Alan Ruschel preferiu seguir em Chapecó.

O jogador revelou na entrevista que o Grêmio ”mexe”com ele:

“Eu, como atleta profissional, já revelei o time que eu torço. Mas estou falando de torcida apaixonada, de clube que projeta, que tem as características minhas como atleta também. É um clube que eu gostaria de ter jogado. O Grêmio mexe comigo, assim como o Corinthians tem uma torcida fenomenal.”

Para tentar não entrar em polêmicas, o jogador disse que futebol não é uma guerra:

“A gente tem que separar as coisas. O futebol não é uma guerra, é um esporte. Lá dentro do campo eu não tenho inimigos, mas adversários. Eu sou colorado e no Inter eu tive a oportunidade de jogar. Também gostaria de jogar no Grêmio, que tem uma torcida apaixonada assim como a do Inter. Mas o Grêmio, assim como o Corinthians, tem essa característica de ser guerreiro e copeiro. São dois clubes que eu me identificaria muito.”

Em 2018, o lateral-esquerdo deixou o Inter e assinou contrato de 3 temporadas com a Chapecoense. Porém, foi cedido ao Goiás por empréstimo e neste ano, retornou à Chape.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Márcio Cunha/Chapecoense

Deixe um comentário