nova chance ao atacante Ferreira

O caso Ferreirinha ganhou um novo capítulo nesta segunda-feira (16). Após entrar na justiça comum contra o Grêmio, o jogador teve seu pedido de tutela antecipada negada pela Justiça do Trabalho. Sendo assim, Ferreirinha vai ter que seguir no Grêmio, mesmo em litígio com o clube gaúcho, até que o julgamento do mérito pelo juiz responsável seja concluído.

É provável que você também goste:

Conmebol adia próximos jogos da Libertadores por causa do coronavírus

Renato fala em fazer greve por conta do coronavírus

[Rumor] Atacante Roger Guedes é oferecido ao Grêmio por empréstimo

Justiça decide que Ferreirinha vai ter que seguir no Grêmio

Segundo o juiz Renato Barros Fagundes, não há nos autos provas cabais de uma falta grave do clube, o que justificaria uma decisão antecipada a favor do atleta até julgamento final. Para conseguir que o pedido da ação seja concedido ainda sem julgamento do mérito, é fundamental se comprovar risco e/ou ameaça.

Entenda o caso

O atacante Ferreirinha é um dos grandes destaques das categorias de base do Grêmio, tendo 5 partidas entre os profissionais. Ele marcou 2 gols e já estava sendo mais utilizado pelo técnico Renato Portaluppi.

No início de março, o jogador de 22 anos resolveu entrar na justiça pedindo a rescisão de contrato com o Grêmio, alegando que o tricolor gaúcho teria exercido pressão ao jogador para uma possível ampliação de vínculo com o atleta, com a ameaça de que seu nome não entraria na lista de inscritos da Libertadores caso a negociação não fosse concretizada.

Além da rescisão, Ferreirinha ainda pede uma indenização no valor de R$ 70 mil. O jogador não foi inscrito na competição continental e ainda por cima, foi afastado do elenco, treinando desde então em separado dos demais atletas.

Esse tipo de caso costuma demorar, então, enquanto isso, o jogador segue vinculado ao Grêmio e treinando em separado.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Deixe um comentário