Uma das grandes metas da gestão Romildo Bolzan Jr, era encaminhar a compra da gestão da Arena do Grêmio, inclusive, estava tudo praticamente acertado. O anúncio seria feito no dia do aniversário do clube, em setembro deste ano. Entretanto, segundo o jornalista Rafael Pfeiffer, da Rádio Guaíba, o Grêmio não deve anunciar a compra da Arena em 2019. Isso porque, houveram alguns impasses com um dos bancos envolvidos.

O Grêmio já havia se acertado com o Ministério Público, com a Prefeitura de Porto Alegre e com a empresa responsável pelo entorno da Arena, que pertence à Caixa Econômica Federal. Entretanto, são três bancos envolvidos nas trocas de garantias bancárias. O Banrisul e o Santander já aceitaram, contudo, o Banco do Brasil segue rejeitando a proposta do Grêmio.

É provável que você também goste:

O plano ambicioso do Grêmio para a Arena após assumir a gestão

Grêmio vai baixar o preço dos ingressos após assumir a gestão da Arena

Grêmio não deve anunciar a compra da Arena em 2019

O que acontece é o seguinte, na época em que a Arena estava sendo construída, a OAS, construtora responsável, colocou a Arena como garantia para que os bancos aceitassem o financiamento. Porém, agora o tricolor gaúcho pretende assumir os valores pagos aos bancos, mas o Banco do Brasil não aceita a Arena como garantia bancária. Isso porque, a OAS está em recuperação judicial, então, o Banco do Brasil acredita que a Arena não pode ser usada como garantia bancária pelo Grêmio, pois já era garantia da OAS.

arena

Este é o último obstáculo na frente do Grêmio, para que finalmente compre a gestão da Arena. Romildo Bolzan seguirá negociando com o banco, porém, essa questão poderá ser resolvida apenas em 2020.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Deixe um comentário