fechar a compra da arena
Notícias

Grêmio deve assumir obras no entorno e fechar a compra da Arena

824views

As negociações para a compra da Arena já vem se arrastando por um bom tempo e quando tudo parecia resolvido, a Caixa Econômica federal resolveu complicar a vida do Grêmio. Com a dificuldade da Caixa em assinar o documento liberando as obras ao redor do Estádio que seriam realizadas pela Karagounis, o Grêmio deve assumir obras no entorno e fechar a compra da Arena. Entre as obras que precisam ser realizadas, estão a duplicação da avenida A. J. Renner, melhorias na rede de água e esgoto para atender futuros empreendimentos na região, reforma das paradas de ônibus locais e a construção de ciclovia.

Entre Grêmio, Prefeitura de Porto Alegre, Ministério Publico e Karagounis já estava tudo acertado. Entretanto, a Caixa resolveu complicar e já são 7 meses tentando fazer o banco aceitar  a proposta de garantias que foi apresentada à Justiça. A posição da Caixa é importante porque ela é uma das sócias da Karagounis, junto com a OAS, na construção de 900 apartamentos, distribuídos em sete torres residenciais, dentro do complexo da Arena. Mas parece que o banco ainda se mostra resistente em assinar o documento de liberação.

É provável que você também goste:

Romildo diz que o Grêmio não fará grandes contratações em 2020

O plano ambicioso do Grêmio para a Arena após assumir a gestão

Grêmio deve assumir obras no entorno e fechar a compra da Arena

Com a dificuldade da Karagounis em conseguir a liberação para fazer as obras no entorno da Arena, o Grêmio poderia assumir as rédeas e apresentar as garantias à Justiça. Se essas garantias forem aceitas, o Grêmio deve assumir obras no entorno e fechar compra da Arena.

Romildo Bolzanjá acenava para esta possibilidade, inclusive falou sobre isso quando foi escolhido para mais um mandato a frente do Grêmio

”Instituições bancárias sempre foram aquelas que buscaram salvar as operações financeiras. Para não ter prejuízo. Pra mim sempre foi isso. Parece que agora invertemos a ordem. Mas não há problema. Temos que respeitar os processos de cada entidade envolvida nisso. E nós vamos buscar as alternativas para isso.”

Quanto o Grêmio gastará para adquirir a Arena?

Ainda não se sabe ao certo quanto o tricolor gaúcho irá pagar a OAS para ter o Estádio em definitivo. O certo é que a partir do momento em que as negociações forem finalizadas, o Grêmio deverá negociar diretamente com os bancos que estiveram envolvidos na construção da Arena. O valor era de R$ 200 milhões, entretanto, os bancos deverão cobrar o montante de R$ 113 milhões.

Para pagar essa conta, o Grêmio deverá realizar um empréstimo de R$ 53 milhões, que será pago em 6 anos. Já os outros R$ 60 milhões, deverão vir da área do Olímpico que será vendida.

Quanto às obras no entorno da Arena, o Grêmio deverá pagar aproximadamente R$ 850 mil por mês durante 6 anos. Este era o cálculo feito sem a participação do clube nas obras do entorno. Entretanto, com a entrada do Grêmio na jogado, o valor deverá ser recalculado..

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Cássio Coelho
Apaixonado por futebol e principalmente pelo Grêmio. Redator dos sites Optclean Tecnologia e Seu Crédito Digital e co-fundador do site Portal do Gremista.