Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Grêmio dispensou novo astro da Seleção Brasileira

Raphinha chegou a fazer testes no tricolor, ele é natural de Porto Alegre

- Publicidade -

Quem assistiu ao jogo da Seleção Brasileira na noite de quinta-feira (7), contra a Venezuela, pode até ter dormido no primeiro tempo. Na segunda etapa o técnico Tite colocou Raphinha, jogador estreante e que participou dos três gols na vitória por 3×1 pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. E esse jogador poderia ter sido formado pelo Grêmio.

- Publicidade -

O cara deu duas assistências e mais uma, em gol anulado por impedimento. Entrou no intervalo, na vaga de Everton Ribeiro e certamente encantou Tite. É o cara certo para ser titular no ataque, ele vai completar 25 anos em breve e joga pelo Leeds United, da Inglaterra.

Raphinha
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Na última Premier League fez seis gols e deu nove assistências no campeonato de pontos corridos mais disputado do mundo, em 30 jogos. Na atual edição, Raphinha já tem três gols em sete jogos. É o cara que o Brasil precisa para sonhar com a próxima Copa do Mundo, não Everton Ribeiro e companhia…

- Publicidade -

Novo astro da Seleção poderia ter sido do Grêmio

Mas, onde é que entra o Grêmio nessa história? O jogador nasceu em Porto Alegre e foi criado na Restinga. Ele iniciou sua trajetória no futebol no instituto Udinese Futebol Clube, e tentou uma vaga no tricolor gaúcho. Seu grande ídolo é Ronaldinho.

Entretanto, ele torce para o Internacional e também foi reprovado no Colorado. Quando ele tinha nove anos, já costumava a jogar com guris de 13 e 14. O jovem parou no Porto Alegre, time dos irmãos Assis Moreira, mas o projeto não seguiu e ele rodou pela várzea, até ir para o Audax de São Paulo, passou pelo Avaí e depois partiu pela Europa.

“Sou do Sul e sei como as coisas funcionam. Lá, para você vingar, tem de ser forte e grande. Muitos treinadores têm preconceito. Acham que futebol é vigor físico, porrada e com isso os moleques maiores têm mais oportunidades. Ele sempre foi mirradinho, mas era tinhoso”, contou Clayton Padilha, em entrevista ao Estadão, amigo do jogador.

- Publicidade -

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

- Publicidade -

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.