Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Grêmio e Santos possuem várias semelhanças curiosas na temporada

- Publicidade -

- Publicidade -

Santos e Grêmio se enfrentam em condição parecida, e delicada, na tabela de classificação. Além do desempenho dentro das quatro linhas, o Tricolor Gaúcho e a equipe da Vila Belmiro possuem características bastante específicas dentro da atual temporada, envolvendo tanto a equipe, comissão técnica e diretoria.

Santos de Carille tem um gol marcado e 12% de aproveitamento

Ao início do calendário de 2021, já em uma data mais avançada por conta da pandemia de COVID-19, o Santos anunciava Ariel Holan como substituto de Cuca, que havia chegado a uma inesperada final de Libertadores da América no ano anterior, perdendo a disputa para o Palmeiras no Maracanã. O treinador argentino chegava para o que seria uma promissora e curta passagem, encerrada após poucos jogos por um incidente envolvendo alguns torcedores que dispararam fogos em frente a casa do técnico, por pressão contra os resultados ruins. Holán entregou o cargo à diretoria, que buscou Diniz para substituí-lo.

Mesmo vindo de sua melhor passagem em um clube, após deixar o São Paulo, Fernando acabou não engrenando boa sequência no Santos, acumulando derrotas e campanha ruim na Sul-Americana após o clube não conseguir avançar para a próxima fase da Libertadores da América. Era a segunda troca no comando técnico santista em pouco menos de quatro meses.

A direção partiu para a terceira escolha, que seria a mais distinta em termos de ideia de jogo para a equipe: Fábio Carille, que havia deixado seu antigo clube recentemente, rapidamente acertou com o Peixe, que vinha de uma sequência de seis jogos sem vitória. Três rupturas de propostas táticas para a equipe, que resultam em uma situação crítica do Santos na temporada.

De maneira semelhante, Renato renovava seu contrato com o Grêmio, mas pouco tempo após o anúncio acabou tendo sua saída decretada após a longa e vitoriosa passagem pelo Grêmio, que anunciou Tiago Nunes como o nome certo para dar continuidade à filosofia vencedora que Portaluppi havia implementado no futebol tricolor.

- Publicidade -

Assim como na escolha santista, a primeira troca de comando buscou uma manutenção da ideia de jogo do treinador anterior, evitando uma ruptura tão brusca de trabalho, mas o resultado em campo não foi nada efetivo, ainda sendo levado em consideração todo o hábito criado por Renato no formato de trabalho do futebol do Grêmio em anos anteriores.

Com a opção pela saída de Nunes, assim como o Peixe, o Grêmio rompe o estilo de jogo anterior na terceira escolha, trazendo Felipão. Assim como Carille, Scolari não pratica um futebol propositivo, e acumulou frustrações dos trabalhos anteriores aliados a um choque muito grande em relação ao que era proposto anteriormente.

Tudo isso culmina na situação das equipes atualmente, correndo risco evidente de rebaixamento para a série B ao fim da temporada, transformando o confronto desse domingo em uma final e campeonato na parte baixa da tabela.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Portal do Gremista

- Publicidade -

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.