passe de everton

O atacante Everton é a galinha dos ovos de ouro do Grêmio, com a ausência de Neymar, o jogador tem sido o principal destaque da seleção brasileira na Copa América 2019. Mas Everton não encantou apenas a torcida, o camisa 11 do Grêmio virou o novo xodó da imprensa brasileira. Com isso, dificilmente o atacante ficará no Grêmio após o torneio. O Grêmio não tem 70% do passe de Everton, como estava sendo divulgado e por esta razão, o tricolor gaúcho pretende pedir o maior valor possível.

Apesar de receber sondagens, a direção do Grêmio afirmou que ainda não recebeu nenhuma proposta oficial por Everton. Desde o final do ano passado, alguns clubes europeus como o Manchester City, Milan e PSG, demonstraram certo interesse no atacante gremista. O Grêmio afirmou que não começa negociações por menos de 40 milhões de euros.

É provável que você também goste:

Grêmio revela sondagens pelo atacante Everton e saída pode ocorrer

Everton é elogiado por europeus e está cada vez mais fora do Grêmio

Grêmio não tem 70% do passe de Everton

Ao contrário do que todos imaginavam, a porcentagem do Grêmio sobre Everton é de 50%, o restante está dividido em 30% para o escritório de Gilmar Veloz, 10% de Celso Rigo e 10% do Fortaleza.

O que aconteceu foi o seguinte:

  • Gilmar Veloz comprou 50% do passe de Everton junto ao Fortaleza, pois já via potencial no atacante.
  • Por R$ 300 mil, o Grêmio comprou 40% de Everton junto ao Fortaleza.
  • Ao perceber o potencial de Everton, o Grêmio comprou mais 20% da parte do empresário Gilmar Veloz.
  • O Grêmio fez um negócio com Celso Rigo e cedeu 10% do passe de Everton ao investidor.

everton

Então, o Grêmio na verdade, só tem 50% do passe de Everton.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Deixe um comentário