Últimas Notícias do GrêmioJogos

Grêmio perde para o Huachipato e se complica na Libertadores

Renato poupou alguns jogadores da equipe

Grêmio perde para o Huachipato e se complica na Libertadores
Imagem; Lucas Uebel/ GFBPA

Lanterna do Grupo C da Libertadores, o Grêmio perde para o Huachipato na Arena

Em mais uma partida pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, o Grêmio enfrentou o Huachipato na Arena na noite desta terça-feira (09). Com um time misto, a equipe comandada por Renato Portaluppi não conseguiu superar os chilenos, sendo derrotada pelo placar de 2 a 0.

O resultado deixa o Tricolor na última posição do Grupo C, ainda sem pontuar. Vale lembrar que a estreia na Libertadores ocorreu em La Paz, enfrentando o Huachipato, onde o Imortal optou por iniciar com os reservas.

Leia mais:

Grupo RBS escolhe a seleção ideal do Gauchão 2024 com jogadores do Grêmio. Veja o time!

Renato explica mudanças na escalação do Grêmio: “Físico pesou”

Agora, diante de sua torcida, a oportunidade de subir na tabela foi desperdiçada pelo Grêmio. A equipe só volta a atuar na competição continental daqui a duas semanas, quando enfrentará o Estudiantes-ARG, fora de casa.

Já no Campeonato Brasileiro, o Imortal Tricolor faz a sua estreia contra o Vasco no domingo (14), às 16h, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Ficha técnica

  • Grêmio: Marchesín; João Pedro, Pedro Geromel (Pepê), Rodrigo Ely e Mayk (Cuiabano); Du Queiroz. Villasanti e Cristaldo (Pavón); Everton Galdino (Gustavo Nunes), Diego Costa e Soteldo (Nathan Fernandes). Técnico: Renato Portaluppi.
  • Huachipato: Parra; Loyola, Gazzolo, Malanca e Leandro Díaz; Santiago, Montes e Vargas (Jimmy Martínez); Julián Brea (Maxi Gutiérrez), Maxi Rodríguez e Cris Martínez. Técnico: Javier Sanguinetti.

Gols: Loyola (12′) e Montes (50′);

Cartões amarelos: Cristaldo e Diego Costa (Grêmio); Jimmy Martínez, Santiago Silva e Gazzolo (Huachipato);

Árbitro: Leoda González (URU);

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/ GFBPA

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

2 Comentários

  1. CBD exceeded my expectations in every way thanks [url=https://www.cornbreadhemp.com/blogs/learn/how-long-does-thc-stay-in-your-system ]how long for thc to leave system[/url] . I’ve struggled with insomnia in the interest years, and after tiring CBD for the from the word go mores, I at the last moment practised a full nightfall of relaxing sleep. It was like a bias had been lifted mad my shoulders. The calming effects were merciful despite it intellectual, allowing me to meaning slow logically without sensibility confused the next morning. I also noticed a reduction in my daytime desire, which was an unexpected but welcome bonus. The cultivation was a flash shameless, but nothing intolerable. Overall, CBD has been a game-changer inasmuch as my nap and solicitude issues, and I’m appreciative to have discovered its benefits.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo