JogadoresCampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Grêmio aparece em ranking de maiores folhas salariais da Serie A do Brasileirão

Investimento em peso: quanto vale uma chance pelo título?

Brasileirão CBF
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

O investimento do Grêmio para essa temporada

Para alcançar o cobiçado título da principal competição nacional, os 20 clubes da Série A do Brasileirão não economizaram esforços ou dinheiro para montar equipes competitivas. Um aspecto que reflete esse investimento é a folha salarial dos clubes, que alcança valores surpreendentes.

O São Paulo, por exemplo, é dono da sexta maior folha salarial do torneio, gastando R$ 16 milhões mensais para manter um elenco com jogadores renomados como Lucas Moura, James Rodríguez, Jonathan Calleri e Luciano. Contudo, a liderança em termos de folha salarial pertence ao Flamengo, que desembolsa impressionantes R$ 35 milhões por mês para sustentar seu elenco estrelado.

Leia mais:

STJD atende pedido do Grêmio sobre julgamento de Renato, Nathan Fernandes e Diego Costa

Onde o Grêmio vai jogar contra o Fluminense na Libertadores? Elenco tem preferência

No entanto, não é apenas o clube carioca que investe pesado

O Top-10 das maiores folhas salariais é completado por Palmeiras, Corinthians, Atlético-MG, Internacional, São Paulo, Vasco, Grêmio, Botafogo e Fluminense. Confira o ranking completo:

  1. Flamengo – R$ 35 milhões
  2. Palmeiras – R$ 30 milhões
  3. Corinthians – R$ 20,9 milhões
  4. Atlético-MG – R$ 17,5 milhões
  5. Internacional – R$ 17,5 milhões
  6. São Paulo – R$ 16 milhões
  7. Vasco – R$ 16 milhões
  8. Grêmio – R$ 14,5 milhões
  9. Botafogo – R$ 13,7 milhões
  10. Fluminense – R$ 10 milhões

O Grêmio, ocupando a oitava posição, investe R$ 14,5 milhões mensais na manutenção de seu elenco, sendo os três mais bem pagos JP Galvão (1,1 milhão), Pavon (850 mil) e Diego Costa (750 mil).

Outros clubes, como Bahia, Cruzeiro, Fortaleza e Athletico-PR, possuem folhas salariais menores que R$ 10 milhões, mas ainda investem consideravelmente em seus elencos. E vale destacar que, mesmo jogando na Série B, o Santos possui uma folha salarial que o colocaria facilmente no Top-10 da Série A, superando a do Fluminense.

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/Grêmio

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo