CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Grêmio tem menos de 5% de chance de ficar na Série A

O Grêmio tem menos de 5% de chance de ficar na Série A, mais especificamente 3,55%. Conforme os matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), time que atingirem 43 pontos possuem 95,45% de risco de cair. Essa é a pontuação máxima que o time de Porto Alegre pode conseguir.

Equipes que já passaram de 46 pontos não possuem mais nenhum risco de cair. Quem está com 46, caso do Santos, ainda tem risco de rebaixamento, desde que todos os debaixo cheguem neste índice. Caso tivesse ganhado do Corinthians, o Imortal poderia ir a 45 pontos e assim teria apenas 29,55% de risco de queda.

Nesta segunda-feira (6) serão disputados seis jogos do Brasileirão 2021, que vão definir bastante coisa em relação ao Z4. Se Cuiabá e Juventude pontuarem contra Fortaleza e São Paulo, o tricolor gaúcho será rebaixado. E a linha de corte aumenta mais uma vez.

O Imortal tem só mais um jogo para disputar, assim como o Bahia. Os outros dois postulantes a cair ainda jogam duas vezes e isso pode fazer a diferença. E como o Grêmio não pode mais passar de 43 pontos, o risco fica muito maior.

Chance dos times caírem da Série A por pontos

A UFMG calcula o risco dos times não ficarem na Série A por pontuação, confira:

  • 46 pontos – 5,35%
  • 45 pontos – 29,55%
  • 44 pontos – 67,21%
  • 43 pontos – 96,45%

O Portal do Gremista continuará com os cálculos enquanto for possível. O Grêmio segue vivo na luta contra o rebaixamento e enquanto houver esperança, o time não pode desanimar na luta contra o Z4.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Redação PG

Site gaúcho com as últimas notícias do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Ao vivo, como assistir, próximos jogos, resultados, escalação, gols, mercado da bola, tabelas, estatísticas e muito mais.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo