Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Grêmio trabalha pesado e recupera qualidade física dos jogadores

Tricolor tem trabalho em alta intensidade para atingir os objetivos

0

O Grêmio está totalmente focado na disputa pelo título da Série B 2022. Mesmo com a derrota sofrida no último final de semana, o Tricolor segue vivo na competição e pode continuar almejando a conquista. No entanto, há muito trabalho a ser feito, pois ter um plantel milionário e requintado no papel não é o suficiente para que conquistas sejam alcançadas.

- Publicidade -

Diante disso, a comissão técnica do Grêmio tem feito os atletas trabalharem duro, para alcançar seu melhor desempenho. O preparador físico do Tricolor, Reverson Pimentel, revelou ao GE que em uma semana normal de treinos, os jogadores percorriam individualmente entre 25 a 30 quilômetro. Porém, durante a fase mais pesada dos trabalhos, chegaram a percorrer 40 km. Algo realmente intenso.

Segundo o profissional, o treinamento pesado é para que os jogadores possam aguentar a competição.

“Para a gente elevar tudo isso, aguentar competição com contato, temos subido o ganho de massa muscular de membro superior. O alicerce inclusive para aguentar o jogo a jogo”, disse Reverson ao GE.

Além disso, o membro da comissão técnica permanente do Grêmio, destacou que a longa pré-temporada que o clube fez foi muito importante para chegar bem neste momento.

“Houve também a pré-temporada. Hoje conseguimos um nível de força elevadíssimo. A rotina de chegar uma hora antes, fazer o que tem sido feito na academia, já está leve. Não é obrigação”, afirmou Reverson Pimentel ao GE.

Grêmio conhece a Série B e sabe as diferenças no preparo físico

Toda essa preparação tem sido importante para o Grêmio aguentar as longas viagens. Além disso, Reverson destacou que  a preparação se faz necessária por conta dos embates mais físicos que a Série B impõe ao escrete.

“A Série B é um jogo mais físico que a Série A, com viagens longas. Tem que treinar no dia da viagem e com pouco tempo de recuperação. Fomos subindo para quando fizermos três, quatro quilômetros em um treino, saiamos sorrindo do campo e suportemos a viagem. A preparação vai aparecer mais ainda quando tivermos uma sequência de jogos”, concluiu Reverson.

Enfim, gostou da notícia?

- Publicidade -

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Comentários do Facebook

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais