CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Grêmio ultrapassa Inter em dívidas e números nos deixaram de queixo caído

Clube paulista lidera ranking e posição do Tricolor Gaúcho chama atenção

Grêmio tem três negociações - em andamento - por um camisa 9
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

O panorama financeiro do Grêmio e demais clubes brasileiros

A rivalidade entre Grêmio e Internacional ganhou um novo capítulo, mas desta vez, a disputa não é dentro das quatro linhas. Segundo levantamento da Ernst & Young (EY), o Tricolor ultrapassou o Colorado no ranking das maiores dívidas do futebol brasileiro, deixando os torcedores de queixo caído.

O estudo analisou as demonstrações financeiras dos 31 principais clubes do país, incluindo times da Série A e B do Campeonato Brasileiro de 2023, e revelou que o endividamento líquido dos clubes brasileiros caiu para R$ 9,53 bilhões em 2023, após atingir um recorde de R$ 10,44 bilhões em 2022. Apesar dessa queda, os números ainda são alarmantes e mostram uma tendência preocupante na gestão financeira dos clubes.

O Grêmio aparece na 10ª posição com uma dívida de R$ 526 milhões, ultrapassando o Internacional, que está na 11ª colocação com R$ 519 milhões. A diferença pode parecer pequena, mas representa uma reviravolta significativa no panorama financeiro dos times gaúchos. Esta é a primeira vez em anos que o Grêmio passa à frente do Inter em termos de endividamento.

O Corinthians lidera o ranking com impressionantes R$ 1,589 bilhão em dívidas, seguido por Botafogo (R$ 1,032 bilhão) e Atlético-MG (R$ 824 milhões). Entre os clubes com menor endividamento, destaque para o Athletico, que zerou suas dívidas, e para o Fortaleza, que tem apenas R$ 7 milhões a pagar.

Leia mais:

A opção inusitada para substituir Villasanti no Grêmio

Libertadores: como assistir AO VIVO Huachipato x Grêmio

Dívidas líquidas dos clubes

Posição Clube Dívida Líquida (R$)
1 Corinthians 1,589 bilhão *
2 Botafogo 1,032 bilhão
3 Atlético-MG 824 milhões
4 Vasco 749 milhões
5 Cruzeiro 719 milhões
6 São Paulo 667 milhões
7 Santos 606 milhões
8 Fluminense 597 milhões
9 Palmeiras 537 milhões
10 Grêmio 526 milhões
11 Internacional 519 milhões
12 Bahia 422 milhões
13 Red Bull 408 milhões
14 Flamengo 63 milhões
15 Fortaleza 7 milhões
16 Athletico 0
  • Observação: A dívida do Corinthians inclui o estádio. Sem considerar o estádio, a dívida é de R$ 886 milhões. ​

Essa radiografia financeira, elaborada a partir de dados de um período de 10 anos, mostra que os clubes brasileiros ainda têm um longo caminho a percorrer para alcançar a sustentabilidade econômica. A gestão responsável e a profissionalização são essenciais para evitar que os clubes continuem acumulando dívidas impagáveis, comprometendo não só o presente, mas também o futuro do futebol brasileiro.

Imagem destaque: Gustavo Langer/Portal do Gremista

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo