Últimas Notícias do Grêmio

Herói gremista, ex-presidente do Inter é CONDENADO à cadeia. Entenda a situação!

A sentença do julgamento saiu nesta segunda feira

Fato divulgação Internacional

Gremistas e colorados aguardavam pelo julgamento

A última segunda-feira marcou o desfecho de um capítulo sombrio na história do Internacional, com a condenação do ex-presidente Vitorio Piffero e seu colega de diretoria, Pedro Affatato, por estelionato, organização criminosa e lavagem de dinheiro. A sentença, proferida pela 2ª Vara Estadual de Processo e Julgamento dos Crimes de Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro, reflete o desenrolar de investigações que abrangem o período em que a dupla comandou o clube entre 2015 e 2016.

Vitorio Piffero, herói do Grêmio por rebaixar o Internacional, enfrentará mais de dez anos de prisão em regime fechado, enquanto Pedro Affatato recebeu uma pena que se aproxima dos 20 anos pelos três crimes. Ambos têm a possibilidade de recorrer da decisão, mas a seriedade das acusações ressalta a gravidade das irregularidades cometidas. A sentença também atingiu empresários dos setores da construção civil e contabilidade, participantes do esquema que desviou mais de R$ 13 milhões dos cofres colorados naquela época.

Leia mais:

Invasão hacker? Instagram oficial do Grêmio sai do ar inesperadamente

Julgamento de Grêmio e Inter pelo TJD-RS é adiado por motivo inusitado. Entenda!

A investigação

Apontando despesas de aproximadamente R$ 9,9 milhões em obras no complexo Beira-Rio, não registradas nas contas do clube. Além disso, foram identificados saques de R$ 18 milhões na tesouraria, caracterizados como adiantamentos, alguns sem a devida comprovação de despesa. Essa sentença representa a primeira relacionada à gestão de Piffero no Internacional, enquanto outras questões, relacionadas ao futebol e outros aspectos do clube, aguardam desfecho nos próximos meses.

A Correio do Povo buscou informações junto às defesas de Piffero e Affatato, sendo confirmada a sentença, porém, sem acesso ao teor da decisão. O advogado Nei Breitman, representando Piffero, afirmou que se manifestará em breve. A defesa de Affatato não se pronunciou até o momento. A condenação, um duro golpe para o Internacional, reforça a importância da transparência e integridade no cenário esportivo, exigindo responsabilidade e ética por parte dos dirigentes.

Imagem destaque: Ricardo Duarte/Internacional

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo