Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Maicon se despede do Grêmio e garante que um dia voltará ao clube

Jogador falou sobre sua chegada, rivalidade com o Inter e dores que sente

- Publicidade -

Maicon deixou o Grêmio. Nesta quarta-feira (8) ele participou de uma entrevista coletiva, a sua última após a decisão das partes de dar fim ao contrato. Logo no começo, colocou as mãos na cabeça e chorou, enquanto ouvia as palavras do presidente Romildo Bolzan.

- Publicidade -

“Eu tenho certeza que valeu tudo o que eu passei aqui, os sacrifícios, em cada treinamento, em cada jogo, a gente fez valer todas as dores, todas as injeções. Naquele jogo com o Corinthians foi muito ruim para mim. Eu estava prestes a completar 250 jogos e tinha tomado quase 450 injeções”, comentou.

O jogador recebeu uma camisa com o número 248, conforme a quantidade de jogos defendendo o clube. Além disso, ganhou uma placa com os dizeres “um ídolo que imortalizou seu nome na história tricolor”, entre outras coisas. O jogador prometeu voltar ao clube no futuro e falou que a vida de atleta não é fácil.

“Às vezes as pessoas acham que nossa vida é 1000 maravilhas, mas não é. Quando vi que estava se aproximando do fim do meu contrato, eu imaginava sair jogando, com estádio cheio, campeão e todo mundo gritando meu nome. Mas, quando eu voltei do Rio, tinham muitos torcedores para me receber no aeroporto”, citou Maicon.

Maicon chegou em um clube na seca de títulos e sai multicampeão

- Publicidade -

Maicon afirmou que nunca passou por cima de ninguém, que sempre foi um atleta, mas que exercia seu papel de liderança. Ele chegou ao clube numa época de vacas magras, o tricolor não vencia nenhum título importante desde 2001, com a Copa do Brasil e tendo ele como capitão, em 2016 veio a Copa do Brasil.

“Existia uma pressão muito grande, chegaram muitos jogadores como eu, que viviam momentos difíceis, mas nunca desacreditando no que podíamos fazer dentro de campo. Eram jogadores com pensamentos parecidos, de dar a volta na carreira. E não provar para as pessoas, mas um desafio com nós mesmos, de tudo o que passamos na vida, poderíamos botar para fora nessa experiência”, afirmou.

O jogador deixa o clube dizendo que viveu no Grêmio o melhor momento da sua carreira. Pediu desculpa caso tenha deixado algum mágoa, seja com a imprensa ou com o grupo de jogadores, menos com o Internacional. “Cada um defendendo o seu, nesse quesito defendi o Grêmio muito bem”, disse ele.

Enfim, gostou da notícia?

- Publicidade -

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Grêmio TV

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.