Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

As 5 maiores goleadas do Grêmio em GreNais

- Publicidade -

O clássico GreNal reúne dois times centenários da cidade de Porto Alegre, que dividem o Rio Grande do Sul em dois polos opostos com sua tradicional rivalidade, considerado o maior confronto de equipes da mesma cidade do Brasil e um dos maiores do mundo. É disputado entre o Grêmio e seu rival Internacional, as equipes já se se enfrentaram 424 vezes desde o ano 1909. Mais abaixo você pode conferir uma lista com as 5 maiores goleadas do Grêmio em GreNais.

- Publicidade -

É provável que você também goste:

Onde assistir o GreNal 425 pelo Gauchão 2020

4 vezes em que o GreNal foi disputado fora de Porto Alegre

[Vídeo] 5 GreNais inesquecíveis para a torcida do Grêmio

- Publicidade -

As 5 maiores goleadas do Grêmio em GreNais

1. Primeiro GreNal (1909) – Grêmio 10 X 0 Internacional

O primeiro GreNal ocorreu no dia 18 de julho de 1909, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre. A partida foi marcada pela grande derrota elástica que a equipe gremista impôs ao rival Internacional já no primeiro clássico. Os gols da equipe do Grêmio foram marcados por Edgar Booth que marcou cinco gols, Grünewald que marcou 4 gols e Moreira que marcou 1 vez.

Uma curiosidade sobre essa partida é que ela foi proposta pelos dirigentes do Internacional, os dirigentes do Grêmio ofereceram sua equipe reserva, pelo motivo que já tinha outro confronto pela Taça Sportiva marcado contra o Fuss-Ball. Contudo, o Internacional se recusou a jogar contra uma equipe gremista reserva, sendo o jogo transferido para um mês depois e com a equipe principal o Grêmio massacrando o rival.

- Publicidade -

Escalações

Grêmio: Kallfelz; Deppermann e Becker; Karls, Black e Mostardeiro; Brochado, Grünewald, Moreira, Booth e Schröder.

Técnico: Guilherme Kallfelz Filho

Internacional: Luiz Poppe; Portella e Simoni; Vinholes, Pires e Wetternich; José Poppe, Carvalho, Cezar, Mendonça e Carvalho.

- Publicidade -

Técnico: José Eduardo Poppe

2. Terceiro GreNal (1911) – Grêmio 10 X 1 Internacional

O terceiro GreNal da história, ocorreu em 18 de junho de 1911, no Campo da Escola de Guerra, em Porto Alegre. Foi um jogo muito esperado pelos torcedores, já que era válido pelo Campeonato Citadino de Porto Alegre daquele ano. A Equipe do Internacional estava em um bom momento, entretanto, o Grêmio estava invicto e com um time mais experiente (o Grêmio se tornaria campeão do campeonato naquele ano).

A partida foi marcada por uma intensa chuva e por outra goleada tricolor pelo placar de 10×1. Os gols do Grêmio foram marcados por Cox (2 gols), Booth (2 gols), Moreira (2 gols), Mostardeiro (2 gols), Sommer (1 gol) e Schuback (1 gol). O Internacional descontou com Vinholes.

- Publicidade -

Escalações

Grêmio: Teichmann I, Schuback e Mohrdieck, Grünewald, Sommer e Mostardeiro I, Booth, Moreira, Cox, Bento e Mostardeiro II.

Técnico: Álvaro Brochado

Internacional: Ávila, Ygartua e Médici, Volkmann, Kluwe e Padilha, Túlio, Galvão, Gaffreé, Simão e Vinholes.

- Publicidade -

Técnico: Carlos Kluwe

3. GreNal (1912) – Grêmio 6 X 0 Internacional

O quarto GreNal da história, ocorreu em 23 de junho de 1912, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre. Ficou marcado pela goleada do Grêmio sobre o rival Internacional pelo Campeonato Citadino de Porto Alegre. Os gols da equipe do Grêmio foram marcados por Lins (2 gols), Guilherme Geyer (2 gols), Booth (1 gol) e Barbieri (1 gol contra), assim fechando a goleada tricolor.

Escalações

- Publicidade -

Grêmio: Teichmann I; Schuback e Mohrdieck; Ribeiro, Mostardeiro I e Alencastro; Sisson, Booth, Brasil Lins; Guilherme Geyer e Mostardeiro II.

Técnico: Henrique Sommer

Internacional: Barbieri; Felizardo Ávila e Radagázio; Lay, Brusque e Kluwe; Túlio, Galvão, Ribas, Chaves e Vares.

Técnico: Carlos Kluwe

4. GreNal (1910) – Grêmio 5 X 0 Internacional

O segundo GreNal ocorreu em 17 de julho de 1910, no Estádio da Baixada, em Porto Alegre. Quase completando um ano do primeiro GreNal, o Grêmio goleia seu rival novamente, dessa vez por 5×0 (resultado que voltaria a acontecer 105 anos depois). A partida era pelo válida pelo Campeonato Citadino de Porto Alegre. Os gols do Grêmio foram marcados por Booth que fez 2 gols, Guilherme Geyer, Mostardeiro e Moreira marcaram os outros 3 gols da partida, fechando o placar em 5 a 0.

Escalações

Grêmio: Teichmann I; Deppermann e Martau; Bento, Sommer e Mostardeiro I; Guilherme Geyer, Moreira, Booth, Grünewald e Mostardeiro II

Técnico: Oswaldo Siebel

Internacional: Lindemeyer; Volkmann e Lemos; Vinholes II, Kluwe e Chaves; Poppe I, Vinholes, Galvão, Mendonça e Gaffreé

Técnico: Carlos Kluwe

5- GreNal (2015) – Grêmio 5 X 0 Internacional

Pode-se dizer que a trajetória vitoriosa da equipe do Grêmio no século XXI começou com a goleada sobre o maior rival no GreNal 407, que ocorreu em 09 de agosto de 2015 na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Esse GreNal ficou marcado por ser segunda vez na história que a equipe gremista aplicava 5 a 0 no Internacional, impondo uma das piores derrotas ao rival na história do brasileirão e uma das maiores goleadas do Grêmio em GreNais.

Os gols do Grêmio foram marcados por Luan que fez 2 gols, Giuliano e Fernandinho marcaram um gol cada e Réver contra, fechou o placar para equipe gremista. A goleada poderia ter sido maior, o camisa 10 gremista Douglas, desperdiçou uma cobrança de pênalti aos 10 minutos do primeiro tempo, quando o jogo estava 0 a 0.

Escalações

Grêmio: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano, Douglas (Maxi Rodriguez) e Luan (Bobô); Pedro Rocha (Fernandinho).

Técnico: Roger Machado.

Internacional: Alisson; William, Réver, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado, Wellington, Sasha, Anderson (Alex) e Valdívia (Vitinho); e Lisandro López (Nilton).

Técnico: Odair Hellmann.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Reprodução/Torcedores.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...