Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

4 maiores presidentes do Grêmio: Relembre feitos e títulos

- Publicidade -

- Publicidade -

Diversos nomes já honraram compromisso como presidentes do Grêmio. Entre tantos, vale destacar os precursores, como Luiz Carlos Bohrer, o primeiro presidente do clube gaúcho. Seguido por Henrique Augusto Koch, responsável pela compra do terreno do Estádio da Baixada, e anos mais tarde por Bráulio Teixeira, presidente quando o Fortim da Baixada foi nomeado oficialmente como sede do clube.

Inscreva-se no YouTube

O templo glorioso do Grêmio: Olímpico Monumental (1954 – 2013)

Vieram mais tarde, a partir da segunda metade do século XX, os quatro aclamados e respeitados presidentes gremistas, encarregados de feitos que de maneira positiva influenciaram o crescimento do Grêmio como clube. Desde empreendimentos que alavancaram a imagem do time, até gestões em períodos diferentes, relembre os quatro nomes que contribuíram para a história multicampeã do tricolor.

Lista dos 4 maiores presidentes do Grêmio

- Publicidade -

Saturnino Vanzelotti (1948 – 1954)

Saturnino Vanzelotti
Imagem: reprodução/twitter

Foi presidente do Grêmio em uma época de mudanças. Teve em seu tempo de mandato, feitos que reforçariam ainda mais a grandeza do clube, como a alteração do hino oficial para o hino que conhecemos hoje, composto pelo célebre cantor e torcedor gremista Lupicínio Rodrigues. 

O maior feito de Saturnino como presidente gremista foi a construção e inauguração do Estádio Olímpico, em 1954. Empreitada que exigiu esforço redobrado da direção gremista, que recorreu ao subsídio do governo federal, concedido pelo então presidente da república Getúlio Vargas, que simpatizava com a equipe tricolor. Saturnino faleceu em 1973, e foi sepultado de frente para o Estádio Olímpico, no cemitério João XXIII, em Porto Alegre. 

- Publicidade -

Títulos como presidente do Grêmio

• Campeonato Gaúcho: 1949

Hélio Volkmer Dourado (1976 – 1981)

Hélio Dourado – Imagem: Reprodução/Portal do Gremista

- Publicidade -

Hélio Dourado foi além de tudo, um exímio torcedor gremista. Tendo a sua história de vida diretamente ligada ao tricolor. Homenageado na calçada da fama do clube em 2011, o ex-presidente do Grêmio foi pilar em uma época de ascensão. Após um ato em seu mandato, o Estádio Olímpico recebeu a alcunha de “Monumental”.

Recebeu de sua mãe, no início dos anos 40, um título de sócio do Grêmio. A partir de então, começou a frequentar o antigo Estádio da Baixada. Ano após ano apoiando o tricolor, Hélio fortificou relações dentro do clube e por convite, ocupou cargos como conselheiro, dirigente e vice-presidente de patrimônio do Grêmio.

Em 1976, tornou-se presidente do clube, conquistou o Campeonato Gaúcho de 1977, com o memorável gol de André Catimba, título que daria início a uma era vitoriosa do tricolor. Concluiu as obras do Estádio Olímpico, em 1981, com o fechamento da última parte do anel superior, gerando a alcunha de Estádio Olímpico Monumental. 

Títulos como presidente do Grêmio

- Publicidade -

• Campeonato Brasileiro: 1981;

• Campeonato Gaúcho: 1977, 1979, 1980 e 1981.

Fábio Koff (1982 – 1983, 1993 – 1996 e 2012 – 2014)

Presidente-Fábio-Koff
Fábio Koff – Imagem: gremio.net

- Publicidade -

Considerado o maior presidente da história do Grêmio, Fábio Koff teve três passagens pelo tricolor. Foi um dos mais vitoriosos presidentes do clube, conquistando títulos em décadas distintas. 

Exerceu a profissão de juiz de direito, passando por diversas cidades do interior gaúcho, até se estabelecer em Porto Alegre. Gremista desde a infância, aproveitou a oportunidade para se aproximar ainda mais do clube do coração. Seu primeiro mandato como presidente foi em 1982, ficando somente até o ano seguinte, mas trazendo consigo os maiores títulos do Grêmio, a Libertadores da América e o Mundial de Clubes em 1983.

Nos anos 90, voltou para o cargo de presidente gremista. Sua segunda passagem foi de 1993 até 1996, novamente repleta de sucesso e títulos. Fez parte da equipe gremista considerada como uma das mais fortes da época, favorita em todas as competições que disputava. No fim de 2012, tomou posse como presidente pela terceira vez em sua carreira, permanecendo até 2014, ano em que inaugurou o CT Luiz Carvalho.

Títulos como presidente do Grêmio

- Publicidade -

• Copa Intercontinental: 1983;

• Copa Libertadores da América: 1983 e 1995;

• Campeonato Brasileiro: 1981 e 1996;

• Copa do Brasil: 1994;

• Recopa Sul-Americana: 1996;

• Campeonato Gaúcho: 1993, 1995 e 1996.

Romildo Bolzan Júnior (2014 – presente)

Romildo-Bolzan-Junior
Romildo Bolzan Júnior – Imagem: gremio.net

Um dos mais longevos e bem-sucedidos presidentes do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior preside atualmente o clube, em uma recente história de títulos e grande afirmação como gigante do futebol brasileiro. Advogado de formação, Romildo atuou como político na maior parte de sua carreira. Durante a década de 90, foi vereador, vice-prefeito, e finalmente prefeito de sua cidade natal, o município de Osório, no estado do Rio Grande do Sul. 

Abandonou a carreira política e abdicou de sua filiação ao partido para poder se candidatar a presidente do Grêmio. Venceu a corrida pelo cargo, e assumiu em 2014 a presidência, sucedendo o glorioso Fábio Koff. Romildo foi peça fundamental na reformulação do elenco que entraria para história do clube com a conquista de títulos expressivos. Alinhou as finanças e ano após ano ampliou a receita do Grêmio, recebendo muitos elogios da imprensa pela sua ótima gestão.

Títulos como presidente do Grêmio

• Copa do Brasil: 2016;

• Copa Libertadores da América: 2017;

• Recopa Sul-Americana: 2018;

• Campeonato Gaúcho: 2018, 2019, 2020 e 2021;

• Recopa Gaúcha: 2019 e 2021.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Divulgação Grêmio

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.