Início Especiais Os 5 maiores técnicos do Grêmio ao longo de sua história

Os 5 maiores técnicos do Grêmio ao longo de sua história

- Publicidade -

O Grêmio durante em seus 116 anos de história, conquistou grandes títulos e se transformou em uma das maiores potências do futebol sul-americano. Na história o tricolor gaúcho, sempre houveram grandes craques em seus elencos, mas também excelentes técnicos que comandaram os jogadores em campanhas impecáveis nos campeonatos municipais, estaduais, nacionais, sul-americanos e internacionais. Neste artigo, você vai poder conferir os 5 maiores técnicos do Grêmio ao longo de sua história.

Não é fácil criar uma lista dessas, pois, o Grêmio teve uma grande quantidades de técnicos ao longo da sua história, todos com su devida importância. Então, para elaborar esta lista, reunimos os 5 técnicos que ficaram marcados na memória do torcedor do tricolor gaúcho.

É provável que você também goste:

Saiba quais são os 5 maiores goleiros do Grêmio na história

Os 5 maiores artilheiros do Grêmio na história

As 10 vendas mais caras do Grêmio na história

Os 5 maiores técnicos do Grêmio ao longo de sua história

1. Telê Santana (1976-1978)

Telê Santana da Silva, conhecido como Telê Santana. Chegou ao Grêmio em 9 de setembro de 1976, estreou 3 dias depois no empate em 0 a 0 contra o Santos pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio Olímpico Monumental, em Porto Alegre. Teve papel fundamental comandando o Grêmio na campanha vencedora do Campeonato Gaúcho de 1977, na qual resultou o fim da hegemonia de 8 anos do rival, o Internacional.

Treinou o Tricolor Gaúcho até o fim de 1978, nesse período foram 175 jogos, sendo 102 vitorias, 49 empates e 24 derrotas. Um fato curioso sobre Telê Santana é que alguns dias dias antes de chegar a Porto Alegre, o então presidente do Grêmio, Hélio Dourado falou aos jornalistas a seguinte frase: ”Se ele foi campeão brasileiro, pode ser gaúcho”, o que aconteceu no ano seguinte.

tele
Reprodução/Futebol Interior

2. Ênio Andrade (1975 e 1981-1982)

Ênio Vargas de Andrade, conhecido como Ênio Andrade. Fez sua estreia no comando da do Grêmio em 19 de janeiro de 1975, no empate contra a Chapecoense, no Campo Tabajara, em Xanxerê-SC. Sua primeira passagem pela equipe gremista durou menos de um ano.

Na sua segunda passagem, conquistou o primeiro título nacional do Grêmio, o Campeonato Brasileiro de 1981, na final contra o São Paulo, que terminou com vitória gremista pelo placar de 1 a 0, em pleno Estádio Morumbi. Entretanto, ficou no Grêmio até o final de 1982. Ênio Andrade comandou o Grêmio em 204 jogos, sendo 108 vitorias, 57 empates e 39 derrotas.

enio
Reprodução/Twitter

3. Felipão (1987, 1993-1997 e 2014-2015)

Luiz Felipe Scolari, mais conhecido por Scolari ou Felipão. Foi contratado em junho de 1987 pelo Grêmio após se destacar treinando o Juventude. Conquistou o Campeonato Gaúcho de 1987 e terminou o Campeonato Brasileiro na quinta colocação e apesar dos bons resultados, ao final da temporada deixou a equipe.

Retornou ao Tricolor Gaúcho para sua segunda passagem em 1993. Contudo, no primeiro ano, não obteve um bom desempenho com a equipe, mas foi mantido no cargo pelo presidente Fábio Koff. No ano 1994, começou uma série de conquistas, que rendeu ao Grêmio, 1 Copa do Brasil de (1994), 2 campeonatos Gaúchos (1995 e 1996), 1 Copa Libertadores da América (1995), 1 Recopa Sul-americana (1996) e 1 Campeonato Brasileiro (1996). Sua segunda passagem terminou quando foi contratado pelo Jubilo Iwata do Japão, no começo de 1997.

Em 29 de julho de 2014, retornou para sua terceira passagem como técnico do Grêmio, sem muito encanto como na outra passagem, não conquistou nenhum título. No dia 19 de maio de 2015, pediu demissão do comando da equipe. Felipão comandou o Grêmio em 370 partidas, sendo 177 vitorias, 105 empates e 88 derrotas.

felipao
Reprodução/Globoesporte.com

4. Renato Gaúcho (2010 – 2011, 2013 e 2016 até o momento)

Renato Portaluppi, também conhecido como Renato Gaúcho. Considerado maior ídolo da história do clube como jogador, assumiu o comando do Tricolor Gaúcho como técnico em agosto de 2010, sua missão era salvar o time de um possível rebaixamento. Além de livrar o Grêmio da zona de rebaixamento, garantiu uma vaga na Copa Libertadores da América de 2011. Contudo, pediu demissão em junho de 2011, encerrando sua primeira passagem pela equipe.

Entretanto, em julho de 2013, retornou ao Grêmio para sua segunda passagem, com contrato até o final do ano. Fez grande campanha levando o Tricolor Gaúcho ao vice-campeonato Brasileiro de 2013, mas não teve seu contrato renovado por desacerto salarial com a direção do clube.

Retornou ao comando do Grêmio em agosto de 2016, para comandar o time na Copa do Brasil, após grande campanha, levou o tricolor gaúcho à conquista do torneio, acabando com um jejum de 15 anos sem conquistar títulos de expressão. No ano seguinte conquistou a Copa Libertadores da América de 2017, título que o clube não conquistava desde 1995. Não parou por aí, conquistou também a Recopa Sul-americana de 2018 e os Campeonatos Gaúchos de 2018 e 2019. Renato Gaúcho até o momento presente como treinador do Grêmio, disputou 347 partidas, sendo 181 vitorias, 88 empates e 78 derrotas.

renato
FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

5. Valdir Espinosa (1983 e 1986)

Para fechar a lista com os 5 maiores técnicos do Grêmio ao longo de sua históriaValdir Atahualpa Ramirez Espinosa, conhecido como Valdir Espinosa. É considerado por muitos o maior técnico da história do Grêmio. No ano de 1983, sob o comando de Espinosa o clube gaúcho venceu sua primeira Copa Libertadores da América e o maior título de toda sua história, o Mundial de Clubes, contra o Hamburgo, partida vencida pelo placar de 2 a 1.

Em 1984, trocou o Grêmio pelo Ai-Hilal, da Arábia Saudita. Retornou ao clube em 1986, e conquistou o Campeonato Gaúcho daquele ano. Valdir Espinosa como treinador do Grêmio, disputou 221 partidas, sendo 113 vitorias, 67 empates e 41 derrotas.

campeões da libertadores pelo grêmio

Então, o que acham dessa lista?

Então, gostou do artigo com os 5 maiores técnicos do Grêmio na história?

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

- Advertisement -
Cássio Coelhohttps://portaldogremista.com.br
Apaixonado por futebol e principalmente pelo Grêmio. Redator do site Seu Crédito Digital e co-fundador do site Portal do Gremista.
Deixe um comentário
- Publicidade -

Últimas Notícias

O grande segredo para valorizar na 2ª rodada do Cartola FC 2020

A primeira rodada do Cartola FC 2020 surpreendeu a muitos, e nem todos conseguiram ter a valorização esperada. Abaixo vamos fazer uma pequena análise...

Ferreira perde de novo e vai continuar afastado do Grêmio

O atacante Ferreira sofreu nova derrota na justiça nesta segunda-feira (10). A defesa do jogador havia entrado com um pedido na Justiça do Trabalho...

Grêmio tem dois jogadores na seleção da 1ª rodada do Brasileirão 2020

Encerrou a primeira rodada do Brasileirão 2020 e o Grêmio estreou com vitória. O tricolor gaúcho venceu o Fluminense pelo placar de 1 a...

Goleiro brasileiro vai para o Benfica e deve render dinheiro ao Grêmio

Além do valor que o Benfica depositará na conta do Grêmio pela compra do atacante Everton Cebolinha, outro jogador está na mira do clube...
- Publicidade -