Últimas Notícias do Grêmio

Mauro Cezar Pereira usa Inter como exemplo para defender seguimento da Série A e causa polêmica

Jornalista foi polêmico e gerou debates na web

Mauro Cezar Pereira detona o Grêmio e a escolha de Renato na Libertadores
Imagem: Reprodução / TV Cultura

Mauro Cezar usa tragédia para embasar opinião sobre a paralisação do Brasileirão

Em meio às discussões sobre a possível paralisação do Campeonato Brasileiro devido às enchentes no Rio Grande do Sul, o jornalista Mauro Cezar Pereira gerou controvérsia nas redes sociais. O comunicador mencionou a tragédia da Chapecoense para fundamentar sua opinião.

Mauro Cezar se posicionou contra a ideia de suspender as competições nacionais em razão do desastre climático que já tirou a vida de 149 pessoas no estado gaúcho, de acordo com a Defesa Civil-RS. Ele expressou suas opiniões de forma enfática em suas redes sociais.

Parar o campeonato? Ok. Mas apresentem um plano, um reagendamento dos jogos. Façam isso quando quem tem partidas atrasadas puder disputá-las. Adiamento de jogos sempre geram queixas, como no dia seguinte à morte dos que estavam no voo da Chapecoense em 2016…”, escreveu no X (antigo Twitter).

O jornalista relembrou um episódio de 2016, quando a direção do Internacional, representada por Fernando Carvalho, se opôs ao adiamento da última rodada do Brasileirão após a tragédia aérea envolvendo a Chapecoense.

Leia mais:

Imprudência da prefeitura de Porto Alegre é exposta com descaso ao bairro do Grêmio. Entenda!

Dirigente do Grêmio solta o verbo contra CBF e insiste em posição adotada pelo clube

Jornalista gaúcho respondeu

A resposta não demorou a chegar. Lucas Collar, jornalista identificado com o Internacional, criticou a postura de Mauro Cezar, gerando um debate acalorado nas redes sociais sobre a sensibilidade com o ocorrido.

 

Imagem destaque: Reprodução/ YouTube Mauro Cezar

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo