Últimas Notícias do GrêmioJogos

Confira os melhores momentos de Grêmio x Juventude

O Tricolor conquistou o heptacampeonato do Gauchão

Grêmio x JuventudeGauchão 2024
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio x Juventude: Tricolor sofre susto, mas vira antes do intervalo

Grêmio x Juventude se enfrentaram em duelo válido pela volta da final do Gauchão 2024. Com show de Diego Costa, o Tricolor Gaúcho venceu o adversário pelo placar de 3 a 1 e conquistou o heptacampeonato da competição. O time gremista saiu em desvantagem e buscou a virada ainda na etapa inicial.

No primeiro tempo do duelo, o Ju abriu o placar aos 4 minutos, com Gilberto. No lance, o atacante Lucas Barbosa ganhou disputa com o goleiro Caíque e deixou a bola para o centroavante abrir o placar na Arena. Após o gol, o Imortal foi para cima do adversário e quase igualou o marcador, em um chute de Cristaldo, mas o meia não acertou o alvo.

Leia mais:

Confira os detalhes da taça do Gauchão 2024

Geromel revela bastidor com Kannemann a respeito do Gauchão: “Gostamos muito”

A pressão do Grêmio surtiu efeito apenas na reta final da etapa inicial. Aos 41′, Pavón fez uma boa jogada na lateral do campo e cruzou para a área. Assim, a defesa do Juventude desviou, Cristaldo aproveitou para finalizar e deixar tudo igual na Arena. Dois minutos depois foi a vez de brilhar a estrela do centroavante Diego Costa. O espanhol recebeu de Pepê e de fora da área marcou o gol da virada.

Grêmio x Juventude: Imortal segura a pressão e conta com boa atuação de Diego Costa

Na etapa complementar, em desvantagem, o Juventude voltou ameaçando a meta de Caíque e criou algumas situações de perigo. Por outro lado, o Tricolor agiu com inteligência e esperou o momento certo para sair em contra-ataque. Com isso, o primeiro lance da equipe de Renato Portaluppi aconteceu aos 22 minutos, com Cristaldo. Na jogada, o argentino recebeu de João Pedro e finalizou, porém o goleiro Gabriel fez uma linda defesa.

Após o Grêmio controlar o duelo até aos 41′, Diego Costa mostrou sua importância mais uma vez. No lance, o centroavante recebeu a bola, protegeu da defesa adversária e deixou com Nathan Fernandes. O guri do Imortal finalizou mesmo com a presença do goleiro e outro defensor e anotou o gol do título na Arena.

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/Grêmio

Aniele Lacerda

Redatora freelancer de notícias diárias. Estudante de jornalismo e amo a área esportiva. Amo pedalar e faço Muay Thai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo