CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Quais são os motivos da escolha do Grêmio de treinar em São Paulo e jogar em Curitiba? Descubra!

Tricolor fará uma ponte aérea para voltar a competição

Na Série B, Coritiba emociona em super doação para o Rio Grande do Sul
Imagem: Divulgação/ Coritiba

Grêmio escolhe São Paulo para treinos e Curitiba para a Libertadores

O Grêmio, em busca do ambiente ideal para treinamentos e jogos, realizou uma extensa busca pela região sul do Brasil. Após minuciosa avaliação de opções em Santa Catarina, Paraná e até mesmo no próprio Rio Grande do Sul, o clube optou por concentrar seus treinos em São Paulo e seus jogos da Libertadores em Curitiba, no Estádio Couto Pereira. Mas por que essa escolha?

Leia mais:

The Strongest goleia o Huachipato e abre vantagem sobre o Grêmio na Libertadores

Confira os jogos adiados do Grêmio e mais 19 clubes pelo Brasileirão

A logística foi um fator determinante.

Com jogadores espalhados pelo Brasil e países sul-americanos, São Paulo tornou-se o ponto de encontro mais acessível para a reapresentação da equipe. O CT Joaquim Grava, do Corinthians, foi escolhido devido à sua estrutura de ponta, incluindo campos em ótimas condições e uma academia espaçosa.

Além disso, a questão climática também teve seu peso na decisão. Com o inverno se aproximando, muitos centros de treinamento estão preparando seus gramados, o que eliminou algumas opções da lista do Tricolor.

Aos jogos da Libertadores, Curitiba foi a escolha estratégica

O calendário do Coritiba permitiu a realização da partida no dia 29 de maio, e o bom estado do gramado do Estádio Couto Pereira aliado à presença esperada de torcedores gremistas foram aspectos favoráveis.

Ainda houve consideração em relação ao local dos treinamentos. Embora o Grêmio tenha cogitado realizar toda a preparação em Curitiba, a estrutura do CT do Coritiba não comportaria as atividades simultâneas das duas equipes neste momento.

Embora estádios em Santa Catarina e no Oeste Paranaense tenham sido avaliados, muitos não atenderam às exigências da Conmebol em termos de estrutura e capacidade, o que pesou na decisão final.

 

Imagem destaque: Reprodução TV Corinthians

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo