Início Campeonato Por onde andam os campeões da libertadores pelo Grêmio em 1983

Por onde andam os campeões da libertadores pelo Grêmio em 1983

- Publicidade -

No próximo domingo (17), a RBS TV deverá transmitir a reprise do jogo que deu o título de campeão da Libertadores da América ao Grêmio, diante do Peñarol. O momento foi inesquecível para o torcedor gremista. Entre os jogadores do elenco, tínhamos o atual técnico do Grêmio, Renato Portaluppi e outras grandes feras. Mais abaixo você confere por onde andam os campeões da libertadores pelo Grêmio em 1983. Contudo, infelizmente alguns desses ex-craques já faleceram.

É provável que você também goste:

Lenda do Barcelona critica ex-volante do Grêmio Arthur

Confira o caminho do Grêmio até o título da Libertadores de 1983

Como assistir a final entre Grêmio e Peñarol pela Libertadores de 1983

De León volta a falar do rosto ensanguentado ao levantar a taça da Libertadores de 1983

Por onde andam os campeões da libertadores pelo Grêmio em 1983

Mazarópi (Goleiro)

Mazarópi chegou com a Libertadores já em andamento, se firmando como titular logo em seguida. Pelo Grêmio, conquistou a Libertadores de 83, o Mundial de 83 e a Copa do Brasil de 89. Então, se tornou um dos maiores e mais icônicos ídolos do tricolor gaúcho. Atualmente, Mazarópi trabalha na Escola de Formação do Tricolor como coordenador de goleiros. Também participa como comentarista da Rádio Umbro.

campeões da libertadores pelo grêmio

Paulo Roberto (Lateral)

Paulo Roberto é um dos jogadores que mais passou por grandes times do futebol brasileiro. Com o Grêmio, venceu o Brasileiro de 81, a Libertadores de 83 e o Mundial de 83. Atualmente, o ex-lateral gremista atua como empresário no ramo do futebol e mora em Porto Alegre.

campeões da libertadores pelo grêmio

Baidek (Zagueiro)

O ex-zagueiro entrou no time titular apenas durante a competição e se tornou fundamental para o time treinado por Valdir Espinosa. Além disso, esteve no grupo que conquistou o Brasileiro de 81. Atualmente, Baidek atua como empresário no meio futebolístico.

campeões da libertadores pelo grêmio

Hugo de León (Zagueiro)

O capitão da conquista da América já havia vencido a competição continental em 1980, pelo Nacional, do Uruguai. Formou a dupla vitoriosa com Baidek na zaga. Hoje, Hugo De León mora em Porto Alegre e agora se dedica ao beach tennis para manter uma vida saudável.

campeões da libertadores pelo grêmio

Casemiro (Lateral)

Após pendurar as chuteiras, Casemiro se tornou treinador e comandou diversas equipes ao redor do mundo. Recentemente, o paradeiro do ex-jogador era a Itália, onde estava fazendo uma série de cursos.

campeões da libertadores pelo grêmio

China (Volante)

O volante campeão brasileiro em 81, campeão da Libertadores em 83 e campeão mundial no mesmo ano, sempre esteve presente no clube. Após parar de jogar, chegou a tentar a vida como treinador, mas atualmente treina na Escola de Formação do Grêmio. Realizado, não pretende deixar o Tricolor novamente.

campeões da libertadores pelo grêmio

Osvaldo (Meia)

Artilheiro do Grêmio na Libertadores, com seis gols marcados, Osvaldo e permaneceu quatro anos no tricolor gaúcho. Quando pendurou as chuteiras, voltou para Santa Bárbara D’Oeste e esteve à frente de uma oficina mecânica com o irmão. Tentou a sorte também como comentarista. Contudo, não vingou e acabou desistindo.

campeões da libertadores pelo grêmio

Tita (Meia/atacante)

Tita teve uma carreira incrível. Em 1981, já havia sido campeão da Libertadores e do mundial pelo Flamengo. Um tempo depois, veio para Porto Alegre ser campeão da Libertadores de 1983, pelo Grêmio. Entretanto, em seguida teve que retornar ao Flamengo e por isso, não participou da conquista do Mundial gremista. Virou treinador, com passagens por clubes como Vasco, Urawa Reds, do Japão, e León e Necaxa, do México e depois se aventurou no golfe. Atualmente, participa de programas como comentarista, como o Bem, Amigos, do Sportv.

campeões da libertadores pelo grêmio

Renato Portaluppi (Ponta-direita)

O Homem gol era um incrível ponta-direita e marcou dois gols na campanha do título da Libertadores de 83. Mais adiante, seria o autor de dois gols contra o Hamburgo e se tornaria campeão mundial com o tricolor gaúcho. Atualmente, Renato treina o Grêmio e comandou o clube no Penta da Copa do Brasil em 2016, Libertadores da América de 2017, Recopa Sul-Americana de 2018, além de dois títulos gaúchos. Então, Renato é o único jogador da história do Grêmio a ter uma estátua na Arena. Além disso, ele é o primeiro brasileiro a ser campeão da Libertadores como jogador e treinador.

campeões da libertadores pelo grêmio

Tarciso Flecha Negra (Ponta-direita)

Foi o jogador com maior número de jogos pelo Grêmio, com 721 partidas disputadas, e o segundo maior artilheiro da história do Tricolor, com 226 gols marcados. Os números falam por si só. Flecha Flecha Negra foi um dos maiores ídolos da história tricolor. Virou político e se tornou vereador de Porto Alegre pelo terceiro mandato consecutivo quando faleceu, vítima de câncer, no final de 2018.

tarciso

Caio (Centroavante)

Caio marcou 5 gols na campanha do título, sendo o vice-artilheiro gremista. Após abandonar os gramados, tentou a vida como técnico, mas não obteve sucesso. Chegou a trabalhar como taxista para se manter e recebeu ajuda dos ex-companheiros Tarciso e Baidek para viajar a Porto Alegre e combater uma trombose. Faleceu no início de 2019 por complicações em decorrência da doença após ter as duas pernas amputadas.

caio

César (Centroavante)

Apesar de ser reserva do time campeão, César entrou no jogo e decidiu a partida, marcando o gol do título na vitória por 2 a 1 sobre o Peñarol. Hoje, o ex-centroavante vive em São João da Barra, no Rio de Janeiro.

cesar

Valdir Espinosa (Técnico)

Técnico campeão da Libertadores e do Mundo pelo Grêmio, Valdir Espinosa ficou eternizado na memória de todos os torcedores gremistas. Voltou ao Grêmio com Renato, em 2016, como coordenador técnico, e foi campeão da Copa do Brasil daquele ano. Deixou o clube em 2017, durante a campanha do Tri da América, conquista com a qual sonhava. Estava no Botafogo este ano quando faleceu após complicações por conta de uma cirurgia.  espinosa

Então, o que acharam do paradeiro dos campeões da Libertadores pelo Grêmio em 1983?

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Reprodução / SporTv

- Advertisement -
Cássio Coelhohttps://portaldogremista.com.br
Apaixonado por futebol e principalmente pelo Grêmio. Redator do site Seu Crédito Digital e co-fundador do site Portal do Gremista.
Deixe um comentário
- Publicidade -

Últimas Notícias

Benfica aumenta proposta por Everton para 22 milhões de euros

O atacante Everton já está com um pé no Benfica, de Portugal. A proposta inicial do clube português foi de 18 milhões de euros,...

Venda de Everton pode ser concretizada em reunião desta terça (04)

Na noite da última segunda-feira (03), a informação dAndo conta de que Everton Cebolinha já estaria vendido para o Benfica, de Portugal, agitou a...

Confira a escalação do Grêmio para o GreNal 426 no Gauchão

Grêmio e Inter se enfrentam nesta quarta-feira (05) às 21h30min, em partida válida pela final do returno do Gauchão 2020. Quem vencer terá o...

Como e onde assistir o GreNal 426 pela final do returno do Gauchão 2020

Na noite da última segunda-feira (03), a Prefeitura de Porto Alegre liberou a Arena para a realização da decisão do returno do Gauchão 2020....
- Publicidade -