Últimas Notícias do Grêmio

Polícia prende homem com produtos roubados da Grêmio Mania na Arena

Homem de 34 anos é detido após polícia encontrar itens saqueados durante enchente

Homem é preso com produtos saqueados da loja da Arena do Grêmio
Imagem: Polícia Civil / Divulgação

Homem é preso com produtos roupas da loja do Grêmio

Na tarde desta segunda-feira (24), a polícia de Porto Alegre prendeu um homem de 34 anos com produtos saqueados da loja Grêmio Mania, localizada na Arena. Os artigos, que incluíam camisas de jogo, camisetas, bonés, meias, tênis, cadernos e outros itens, foram encontrados escondidos em uma residência no bairro Farrapos.

leia mais

Grêmio: Renato Portaluppi ganha novo centroavante para enfrentar o Fluminense no final de semana

Grêmio hoje: Protestos de torcedores, críticas à direção Gremista, Kannemann e mais…

Existem mais mercadorias para recuperação

Segundo o delegado Arthur Raldi, da 4ª Delegacia de Polícia da capital gaúcha, a operação resultou na recuperação parcial dos produtos roubados durante a enchente que atingiu a região em maio:

“Continuamos investigando outras pessoas envolvidas e trabalhando para recuperar mais mercadorias”, afirmou o delegado.

O saque da loja Grêmio Mania ocorreu no dia 5 de maio, enquanto a área ao redor do estádio servia como ponto de apoio para vítimas da cheia do Guaíba. Mesmo em meio à solidariedade, criminosos aproveitaram a situação para realizar furtos, um crime que vem sendo investigado desde então.

No final de maio, graças a uma denúncia anônima, a polícia já havia apreendido parte dos produtos furtados, que estavam sendo armazenados por indivíduos em um abrigo na cidade de Cachoeirinha. Os itens foram identificados pelas etiquetas e códigos de barra originais da loja oficial do Grêmio, totalizando aproximadamente R$ 10 mil em mercadorias recuperadas.

 

Imagem destaque: Divulgação redes sociais

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo