Últimas Notícias do Grêmio

Presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio tranquiliza torcedor sobre suplementação orçamentária

O receio de problemas no que se refere as receitas do Grêmio para a temporada de 2022 tomou conta do torcedor do tricolor gaúcho após a notícia de um assunto de extrema relevância: reunião que será realizada nesta quinta-feira (16) no Conselho Deliberativo com a pauta sobre a permissão da ampliação de custos que ocorreu no clube em 2021. De acordo com o presidente Romildo Bolzan, a reunião que discutirá a solicitação de R$148 milhões de gastos a mais é apenas protocolar.

Presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio tranquiliza torcedor sobre suplementação orçamentária

Em entrevista concedida para o programa da rádio Gaúcha, Show dos Esportes, o Presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio, Carlos Biedermann, argumentou que a assembleia para debater a suplementação orçamentária do clube é normal e acontece todos os anos para avaliação da temporada.

“É uma situação que é corriqueira, estou no clube desde 1997, desde aquele ano teve suplementação em todos eles, e foram aprovados. O Grêmio é conservador na preparação dos orçamentos, ao fazer a previsão prevê algo cauteloso, ao longo do ano ocorrem receitas que superam as receitas orçadas, assim como as receitas superam, as despesas também passam as despesas orçadas”, explicou.

Enfatizando que mesmo rebaixado para a segunda divisão o Grêmio arrecadou cerca de R$ 480 milhões e teve R$ 470 milhões de despesas ao longo do ano, Biedermann ressaltou que o tricolor gaúcho terá um lucro de R$10 milhões.

“Não cabe nesse momento, nessa pauta da suplementação, discutir a qualidade do gasto, mas sim se ele foi feito de maneira correta. Temos uma pauta de assuntos gerais e aí cabe a discussão sobre a qualidade do gasto. A partir das lições aprendidas nesse ano, estabelecer um rumo diferente para o clube no futebol, não podemos criticar aquilo que deu certo e que vem sendo bem feito. O que deu errado, deu errado”, afirmou.

Sobre as cobranças dos conselheiros gremistas que provavelmente ocorrerão na reunião do Conselho Deliberativo, o dirigente do tricolor gaúcho apontou que é absolutamente normal para um clube do tamanho do Grêmio que existam divergências internas.

“Acho que é natural que as pessoas tenham um espírito mais crítico e é até mais desejável que aconteça, desde que não ultrapasse os limites da civilidade. Espero uma reunião mais quente, mas dentro dos limites que falei. O ano eleitoral (2022) vai ser tenso e intenso, onde vamos ter três eleições e as conjunções políticas estão acontecendo, mas tenho certeza que vamos ter uma eleição tranquila”, salientou.

Sublinhando ser natural que as contas sejam analisadas todo o final de temporada, Carlos Biedermann tranquilizou o torcedor em relação a algo que não estivesse previsto anteriormente.

“Os orçamentos feitos no início do ano são sempre muito conservadores. Trata-se de uma mera formalidade para analisar as receitas”, reforçou.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Grêmio.Net

Roberto Salatino

Jornalista com alma azul celeste. Fanático por futebol e pelo Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo