Últimas Notícias do Grêmio

Presidente do Corinthians precisou ser contido por policiais na Arena do Grêmio

Grêmio Duilio Monteiro Alves Corinthians
Imagem: Ag. Corinthians / Divulgação

Presidente do Corinthians é contido por policiais em jogo com Grêmio

A partida entre Grêmio x Corinthians, que terminou com vitória dos paulistas pelo placar de 1 a 0, na tarde do último domingo (12), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, ficou marcada por muitas polêmicas. O time paulista deixou o primeiro tempo reclamando muito das decisões da arbitragem.

Leia mais:

Assista aos melhores momentos de Grêmio x Corinthians pelo Brasileirão 2023

Grêmio tropeça contra o Corinthians e se complica na luta pelo título do Brasileirão

Os dirigentes do Corinthians ficaram insatisfeitos por conta de um fato que ocorreu logo com 10 minutos. No mesmo lance em que reclamou de um suposto pênalti sobre Matheus Bidu, o Timão perdeu Bruno Méndez expulso por conta de um carrinho sobre Lucas Besozzi.

Na súmula, o árbitro fez relatos surpreendentes. De acordo com Rodrigo Pereira de Lima, o gerente de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, ex-jogador do Imortal, proferiu xingamentos na saída para o intervalo.

Informo que na saída da equipe de arbitragem do campo de jogo, após término do primeiro tempo, fomos abordados por diretores do S.C. Corinthians Paulista, na zona mista, vindo em nossa direção de forma grosseira e ostensiva, sendo contidos por policiais. Dentre eles foi possível identificar o presidente Duílio Monteiro Alves, e o gerente de futebol Alessandro Mori Nunes, onde o gerente citado proferiu de forma grosseira e ofensiva as seguintes palavras: “vagabundo, você é safado, tendencioso, seu ladrão’“, escreveu o árbitro.

Ainda em seu relato, Rodrigo Pereira de Lima revelou que o presidente do time paulista se mostrou exaltado e precisou, até mesmo, ser contido por policiais.

Em seguida o presidente acima citado, foi até a entrada do vestiário da equipe de arbitragem proferindo as seguintes palavras: “seu vagabundo, ladrão”, informo ainda que o mesmo não conseguiu o acesso ao vestiário da arbitragem devido à intervenção da polícia. Fui informado pelo delegado da partida sr. Marcos Roberto Caduri de Almeida que o gerente de futebol sr. Alessandro Mori Nunes se dirigiu até a porta da sala, em que se encontrava os equipamentos VAR, em uma tentativa de invasão, entrando em confronto com os seguranças que estava na porta da sala. Após o término da partida, e já no vestiário, observamos através de vídeo, onde verificamos a compatibilidade das informações nos repassadas pelo delegado acima citado“, acrescentou o árbitro.

Imagem destaque: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians / Divulgação

Bruno Loreto

Jornalista formado pela UNISC, de Santa Cruz do Sul, com pós-graduação em Jornalismo em Base de Dados pela Uninter, apaixonado por futebol e, principalmente, pelo Grêmio. Fanático pelo Tricolor há 27 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo