Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Próximo rival do Grêmio, Cuiabá é um clube-empresa e administrado por família

Equipe chegou este ano na Série A e tenta permanecer

- Publicidade -

O Cuiabá, próximo adversário do Grêmio no Campeonato Brasileiro, é um time diferente de quase todos os outros do Brasil. A equipe é um clube-empresa, administrado por uma família, que em poucos anos chegou na elite nacional. Além deles, apenas o Red Bull Bragantino é uma referência em relação a esse estilo de administração.

- Publicidade -

O clube é propriedade da família Descht, que atua no ramo da borracha, em Mato Grosso, por meio da empresa Drebor. Anteriormente, fundado em 2001 pelo ex-jogador Gaúcho, a aquisição foi feita em 2009, quando o time contava com dois títulos do campeonato estadual, hoje são 10 e mais dois da Copa Verde.

A empresa já era próxima do clube desde 2003, quando virou patrocinadora da equipe. Mas, em 2006 o time se licenciou e interrompeu as atividades por três temporadas, até que o retorno aconteceu em 2009, já como propriedade da família Drecht.

Cuiabá pode ser uma referência para o futuro do futebol brasileiro

A família está investindo na equipe de olho nos lucros que o futebol pode proporcionar. Aliás, dos últimos nove campeonatos mato-grossenses, eles venceram oito, adquirindo uma hegemonia estadual.

- Publicidade -

A receita do clube em 2020 era de R$ 21,5 milhões e em 2021 saltou para R$ 70 milhões. Assim, a grana extra veio pelos novos patrocinadores e o aumento nos direitos televisivos, que são bem maiores para a Série A.

A folha de pagamento aumentou 80% em relação à última temporada, foram contratados jogadores famosos, como o goleiro Walter, o zagueiro Paulão e o lateral Uendel. O objetivo é não voltar para a segunda divisão já neste primeiro ano.

Além de Cuiabá e Bragantino, América-MG e Atlético-GO estão em processo de transição para virarem clube-empresa. Então, no caso do próximo rival do Grêmio, os gestores evitam custos comuns em outros clubes, como a presença de um diretor executivo de futebol.

Enfim, gostou da notícia?

- Publicidade -

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: AssCom Dourado

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.