CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Qual aproveitamento o Grêmio precisa buscar para não ser rebaixado no Brasileirão?

Em uma sequência de seis derrotas, o Grêmio precisa de um aproveitamento de G6 para escapar da queda

Renato Portaluppi Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/GBPA

Grêmio em alerta

O Grêmio vive um momento crítico no Campeonato Brasileiro. Com seis derrotas consecutivas, a equipe de Renato Portaluppi não conseguiu encontrar o caminho das vitórias e se afundou na zona de rebaixamento, ocupando a 19ª colocação, à frente apenas do Fluminense. A situação é alarmante e requer mudanças imediatas se a direção gremista não quiser ver o clube ser rebaixado mais uma vez.

leia mais

Grêmio pode ‘perder’ três atacantes em menos de um mês. Entenda!

Pedro Raul não poderá ser contratado pelo Grêmio. Entende o motivo!

O que o Tricolor precisa para evitar o rebaixamento

Para escapar dessa situação desconfortável, o Grêmio precisa conquistar 39 pontos dos 87 pontos ainda em disputa. Isso equivale a um aproveitamento de 44,83%. Mas, na prática, o Tricolor Gaúcho terá que buscar um desempenho ainda melhor. A meta realista é atingir um aproveitamento de cerca de 50%, o que se aproxima do desempenho de equipes que brigam pelo G6, a zona de classificação para a Libertadores.

Essa missão não é impossível, mas exige uma mudança radical de postura. O time precisa recuperar a confiança e a consistência dentro de campo. Cada jogo será uma final e cada ponto conquistado será vital na luta contra o rebaixamento.

Renato e sua equipe técnica terão que repensar estratégias, fazer ajustes táticos e, possivelmente, promover mudanças no elenco titular.

A diretoria também precisa agir rapidamente. Reforços são necessários, e a gestão do clube deve estar disposta a fazer os investimentos para fortalecer o elenco. Em resumo, o Grêmio precisa de uma revolução interna para evitar o pior.

 

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/ GFBPA

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo