Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Rebaixamento para a Série B custaria pelo menos R$ 85 milhões ao Grêmio

O tricolor gaúcho está sim ameaçado de queda e já sabe quanto isso custaria

- Publicidade -

Não tem mais jeito, a derrota para o Sport no fim de semana assustou até os gremistas mais otimistas. Agora, é fato que o Grêmio está ameaçado de joga a Série B em 2022. Mas, quanto isso custaria aos cofres do clube em relação ao dinheiro pago pela televisão?

- Publicidade -

Até alguns anos atrás, equipes que eram rebaixadas mantinham os valores pagos pela Série A no primeiro ano de segundona. Acontece que isso foi extinto, não existe mais. Então, se o grêmio for rebaixado, vai passar a ganhar um valor bem menor pela exibição dos seus jogos.

Quanto o Grêmio pode receber de TV se for rebaixado para a Série B?

Existem duas possibilidades para os times que jogam a Série B. A primeira delas é fazer parte da divisão de valores propostos pela Globo. Então, o time receber por volta de R$ 8 milhões, por todas as plataformas: TV aberta, fechada e PPV.

A segunda opção é ficar apenas com a grana do PPV e liberar os direitos dos jogos na TV aberta e fechada de graça. Esse é o modelo adotado por Botafogo, Vasco e Cruzeiro, que deve render R$ 40 milhões a cada um deles. Devido ao número de assinantes do Premiere, o grêmio teria direito a uma quantia parecida.

- Publicidade -

Na Série A o Grêmio recebe perto de R$ 100 milhões por ano. Mas, o tricolor ainda perderia 30% que são pagos pela colocação final no Brasileiro, em 2020 o time levou R$ 24,7 milhões por ficar em sexto lugar.

Sendo assim, o time trocaria cerca de R$ 125 milhões da Série A por R$ 40 milhões da Série B. Isso é uma redução de R$ 85 milhões. A folha do clube está em R$ 14 milhões e essa grana serviria para pagar meio ano de salários.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

- Publicidade -

Imagem: Jornal Tribuna

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.