JogadoresÚltimas Notícias do Grêmio

Relembre o valor que o Grêmio já torrou com rescisões

Existem alguns fatos no futebol que não são exclusividade do Grêmio ou dessa gestão atual. Ter uma folha paralela, por exemplo, é algo comum, pagando salários de jogadores que deixaram o clube por empréstimo ou que rescindiram o contrato. Afinal, nem todos os contratados dão certo.

E nos últimos anos o clube vem gastando valores milionários com a dispensa de atletas. Os jogadores fazem jogo duro e não topam sair de graça, casos de Paulo Victor e Vanderlei, que não ficariam mais no clube e mesmo assim ainda levaram uma bolada.

Agora, essa questão volta à tona, com a saída de Alisson, que deverá embolsar R$ 3,6 milhões, pagos até o fim de 2023, para que ele fosse embora. E tem ainda as saídas de Paulo Miranda e Everton Cardoso, que vão custar mais uma baita grana.

Normalmente, quando um jogador rescinde o contrato, é calculado o valor que ele teria direito até o fim do vínculo. Então, as partes negociam uma quantia que seria interessante para ambos os lados, reduzindo esse total. Além disso, o saldo é parcelado em várias vezes, facilitando o pagamento.

O fato é que a cada nova contratação errada feita pelo Grêmio, o clube perde grana com o pagamento dos salários e para antecipar o fim da relação, ainda tem que pagar mais um pouco. Isso vai custando caro e faz acabar com a grana das vendas.

Quanto o Grêmio torrou em rescisões?

Diego Tardelli: 4,2M

André: 5,8M

Thiago Neves: 5,3M

Vanderlei: 3,7M

David Braz: 1,3M

Paulo Victor: 7M

Alisson: 3,6M

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Redação PG

Site gaúcho com as últimas notícias do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Ao vivo, como assistir, próximos jogos, resultados, escalação, gols, mercado da bola, tabelas, estatísticas e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo