Últimas Notícias do GrêmioJogos

Confira tudo o que Renato disse na coletiva após Grêmio x Huachipato

O Tricolor ainda não pontuou na Libertadores

Confira tudo o que Renato disse na coletiva após Grêmio x Huachipato
Imagem: Lucas Uebel/ GFBPA

Grêmio perde na Arena com time misto e Renato justifica a escalação na Libertadores

Na noite da última terça-feira (09), a Arena foi palco de um embate que deixou os torcedores tricolores com um gosto amargo. Em uma partida marcada por oportunidades perdidas, o Grêmio acabou derrotado pelo Huachipato, do Chile, por 2 a 0, em confronto válido pela Copa Libertadores da América.

Leia mais:

Renato mantém a calma e faz um pedido para o torcedor do Grêmio: “Tem que confiar”

Em noite de erros, Grêmio perde a segunda seguida na Libertadores

Apesar do apoio da torcida, o time comandado por Renato Portaluppi não conseguiu superar a determinação dos visitantes, que souberam explorar as fragilidades defensivas do clube gaúcho. Com uma escalação mista, visando poupar alguns titulares, os gremistas não conseguiram impor o seu jogo diante do adversário.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico do Tricolor Gaúcho explicou a sua estratégia de preservar alguns jogadores diante do desgaste físico devido ao jogo do último sábado (06).

“Pensa comigo: Você é treinador, você teve um jogo 3 dias atrás, um jogo complicado, os jogadores estão cansados. Eu coloco eles novamente para se lesionar? Eu tenho que usar meu grupo. Modifiquei alguns jogadores, ainda sim sofremos na parte física, tínhamos 5 jogadores que atuaram na final. O Huachipato jogou uma semana atrás e está desde domingo descansando”, afirmou Renato Portaluppi.

Preservações na equipe

O comandante gremista optou por preservar Walter Kannemann, Pepê, Cristian Pavón e Gustavo Nunes. Com exceção do argentino, os atletas iniciaram no banco de reservas.

Vale lembrar que o Imortal atuou com o time alternativo no primeiro jogo desta edição de Libertadores e perdeu para o The Strongest. Já no último final de semana venceu o Juventude, no Gauchão, com força máxima na partida que deu o título estadual ao Grêmio.

“Se voltasse uma semana atrás, eu faria tudo novamente. Eu entendo de futebol, eu entendo de vestiário. E outra, prefiro colocar um jogador tecnicamente inferior, mas descansado, do que um jogador com uma técnica maior mas cansado”, finalizou.

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/ GFBPA

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo