renato desobedece a quarentena
FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Novamente contrariando a recomendação da Organização Mundial da Saúde e o Governo do Rio de Janeiro, o técnico do Grêmio , Renato Portaluppi saiu da quarentena e foi visto na praia no último domingo (29). No dia 15 de março o treinador que fez coro para a paralização dos campeonatos de futebol no Brasil por conta da pandemia do coronavírus, foi visto jogando futevôlei na praia. Agora, Renato desobedece quarentena no Rio novamente. Será que ele deve ser punido?

É provável que você também goste:

Conmebol adia próximos jogos da Libertadores por causa do coronavírus

Tem algum jogador do Grêmio com coronavírus? Dirigente responde

Renato desobedece quarentena no Rio, ele deve ser punido?

Na primeira vez que Renato foi visto na praia, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, tratou de amenizar a situação. Disse que o que o técnico faz em sua folga é problema ele. Entretanto, de lá para cá, as coisas mudaram e diversos Estados tomaram medidas mais drásticas de isolamento social para conter o vírus, mesmo com a contrariedade do presidente Jair Bolsonaro.

renato
Imagem: AgNews / AgNews

Mesmo estando em folga, Renato está desobedecendo um decreto, além disso, está botando a sua vida e de outras pessoas em risco. Não se trata das férias coletivas que o Grêmio concedeu aos seus profissionais e que vão até o dia 20 de abril. Por ser uma figura pública assim como Jair Bolsonaro, Renato pode estar influenciando negativamente e botando em risco a vida de muitas pessoas.

O Grêmio não quis se pronunciar sobre o assunto, mas entende que por se tratar de uma decisão de caráter pessoal, não deverá tomar nenhuma medida.

E você torcedor, o que achou disso?

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Deixe um comentário