CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Video: Renato Portaluppi crítica protestos violentos em Caxias do Sul

A mensagem é clara: a violência não tem espaço no esporte, e o verdadeiro torcedor é aquele que apoia o time

Renato Portaluppi Grêmio
Imagem: Lucas Uebel – GFBPA (Renato Portaluppi no jogo contra o Fluminense)

Renato Portaluppi fala sobre a recepção se vândalos na serra gaúcha

O Grêmio voltou ao Rio Grande do Sul com uma vitória importante contra o Fluminense, mas a recepção em Caxias do Sul não foi como esperada. Alguns torcedores protestaram de forma violenta, jogando garrafas e pedras no ônibus que transportava a delegação gremista. A situação saiu do controle e a Brigada Militar precisou intervir com tiros de borracha para conter os ânimos exaltados.

leia mais

Todos os nomes que o Grêmio tenta trazer para reforçar o elenco

Thiago Santos, ex-Grêmio, dá declaração polêmica após derrota no Centenário

‘Não são torcedores do Grêmio’

Renato Portaluppi, sempre vocal em suas opiniões, foi direto ao responder sobre os incidentes violentos e o impacto psicológico no elenco. Em entrevista, o técnico não poupou palavras ao descrever o ocorrido:

“O que aconteceu ontem no hotel, aquilo lá não é a torcida do Grêmio. Não são torcedores. A gente sabe quem vive no futebol o porquê aquilo lá aconteceu. Não vai ser por causa de meia dúzia de gente que vamos criticar a nossa torcida. Muito pelo contrário. Precisamos deles e eles estão com a gente.”

Renato Portaluppi destacou a importância da verdadeira torcida gremista e a necessidade de diferenciar entre os verdadeiros fãs e aqueles que causam tumulto. Ele enfatizou que atos de violência não representam a paixão e o apoio genuíno que a torcida tricolor oferece ao time.

Apesar do episódio negativo, o Grêmio segue focado em seus objetivos. A vitória contra o Fluminense trouxe um alívio momentâneo, mas a equipe sabe que precisa manter a concentração e o espírito de união para os próximos desafios. A declaração de Renato reforça a ideia de que, independentemente das adversidades, a conexão entre time e torcida deve ser baseada no respeito e no apoio mútuo.

 

 

Imagem destaque: Natalia Fontoura

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo