punição para os expulsos no grenal

No dia 12 de março, dois meses atrás, Grêmio e Inter se enfrentaram pela segunda rodada da fase de Grupos da Libertadores 2020. A partida terminou empatada em 0 a 0 e no fim do jogo, houve confusão generalizada com 8 expulsões, 4 para cada lado. No final de março, ocorreu a audiência para a defesa dos dois clubes, entretanto, depois disso a Conmebol não falou mais sobre o julgamento. Mas afinal, por que ainda não saiu o resultado do julgamento do GreNal da Libertadores? Confira logo mais abaixo o real motivo.

É provável que você também goste:

Grêmio renova contrato com jovem promessa da base

Como assistir a final entre Grêmio e Peñarol pela Libertadores de 1983

Grêmio deve propor nova redução salarial aos jogadores

Por que ainda não saiu o resultado do julgamento do GreNal da Libertadores?

A audiência ocorrida em março foi por meio de videoconferência por conta da pandemia do novo coronavírus. Os jogadores expulsos na partida foram Pepê, Paulo Miranda, Luciano e Caio Henrique, pelo Grêmio e Moisés, Edenilson, Cuesta e Praxedes, pelo Inter.

Segundo o jornalista Eduardo gabardo, da GaúchaZH, a Conmebol ainda não tocou no assunto pra não causar ainda mais prejuízo aos clubes, que já estão sendo afetados economicamente por conta da pandemia. Esse seria o principal motivo da demora em julgar os dois clubes. Até porque, a maioria das punições envolvem multas, ou seja, dinheiro.

Lembrando que a Conmebol ja adiantou 60% da verba destinada para os clubes participantes da primeira fase, justamente para ajudar nesse momento de crise. Então, é provável que ainda demore mais um bom tempo até sair o resultado do julgamento.

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Deixe um comentário