Últimas Notícias do GrêmioGreNalHistóriaJogos

Confira o retrospecto completo de Renato Portaluppi em clássico GreNal; números são avassaladores

Estatística pode aumentar no próximo domingo (25)

Renato-Portaluppi-Grêmio-Gauchão-2023
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

No clássico GreNal, Renato tem estatísticas favoráveis e números comprovam a idolatria

Renato Portaluppi, ídolo do Grêmio como jogador e como técnico, continua a deixar sua marca no cenário do futebol gaúcho. No GreNal, confronto de maior importância no Rio Grande do Sul, os números cedidos pelo Daison Santanna, responsável pelo Museu do Grêmio FBPA destacam a sua importância e supremacia sobre o arquirrival Internacional.

Como jogador, Renato brilhou no clássico regional, registrando 6 vitórias e 4 empates em 15 confrontos. Seu desempenho notável contribui para um sólido aproveitamento de 48,89% diante do rival, evidenciando a sua idolatria. Vale ressaltar que ele foi o responsável por marcar os gols na final do Mundial de 1983, um feito que ficou gravado na história do Tricolor.

Entretanto, como treinador Renato eleva sua supremacia a um patamar ainda mais elevado. Tanto em casa, no Olímpico ou na Arena, quanto como visitante, o técnico possui um histórico impressionante em GreNal. Ao longo de 29 partidas, acumulou 12 vitórias, 12 empates e apenas 5 derrotas, resultando em um aproveitamento de 55,17%. Seu comando à beira do campo se tornou sinônimo de sucesso nos confrontos regionais.

No próximo domingo (25), os números do “Homem-Gol” podem aumentar ainda mais. Válido pela décima rodada do Campeonato Gaúcho, o GreNal 441 acontecerá no Beira-Rio, às 18h, e o Grêmio buscará mais uma vitória para assumir o topo da tabela.

Leia mais: 

Inter terá goleiro para o clássico GreNal? Saiba mais

GreNal: Grêmio pode ter novo esquema e estreia de reforço

Atuais feitos no Grêmio

Dentro do Grêmio, Renato Portaluppi não é apenas um ícone nos clássicos, mas também uma figura monumental na história do clube. Pelos gols marcados, assistências providenciais e títulos conquistados, o ex-jogador ganhou uma estátua na Esplanada da Arena, eternizando sua contribuição para o Grêmio.

Além disso, ao alcançar a marca de 491 jogos como técnico, Renato tornou-se o treinador que mais comandou o Imortal, um testemunho de sua duradoura e bem-sucedida relação com o clube. Na casamata venceu a Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018), quatro campeonatos estaduais (2018, 2019, 2020 e 2023), além da Recopa Gaúcha dos anos de 2019 e 2023.

 

Imagem em destaque: Lucas Uebel/ Grêmio

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo