CampeonatoÚltimas Notícias do Grêmio

Rival da Série A demite treinador e agita torcida do Grêmio: “E se?”

Mudança no comando em um rival direto é sempre um catalisador de expectativas e incertezas

Próximo rival do Grêmio no Brasileirão, Cuca tem números SURREAIS em 2024 pelo Athletico-PR
Imagem: José Tramontin/ Athletico-PR

Saída de Cuca do Athletico gera especulações sobre futuro de Renato Portaluppi no Grêmio

No mundo do futebol, reviravoltas são frequentes e hoje não foi diferente. Cuca não é mais o técnico do Athletico. Após uma reunião decisiva no CT do Caju, o treinador e a diretoria optaram por encerrar uma parceria que rendeu ao Furacão 66% de aproveitamento em 23 jogos e o título do Campeonato Paranaense. Para os torcedores do Grêmio, isso significa mais do que uma notícia de mercado: é um convite ao debate sobre o futuro do seu próprio clube.

leia mais

Comentarista não poupa palavras e detona trabalho de Renato no GreNal: “É muito pouco”

Grêmio já tentou contratar mais de 10 centroavantes em 7 meses

Seria o momento para mudanças?

Desde que Juan Carlos Osório deixou o comando, o Athletico já se prepara para o terceiro técnico em seu ano de centenário, um sinal claro de instabilidade na busca por um rumo sólido. Enquanto isso, nas redes sociais e rodas de conversa, os gremistas já levantam questionamentos sobre Renato Portaluppi. O técnico, ídolo no Grêmio, enfrenta uma fase delicada com resultados que não condizem com as expectativas da torcida.

Cuca, que também é torcedor declarado do Athletico, deixa um legado de 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas, incluindo algumas surpreendentes que marcaram seu curto ciclo. A decisão vem em um momento crucial para ambos os clubes: o Athletico, atualmente na quinta posição com 19 pontos, busca estabilidade e planejamento, enquanto o Grêmio, vice-lanterna do Brasileirão com apenas 6 pontos, enfrenta a pressão de uma temporada desafiadora.

Com as movimentações no mercado técnico, os cenários para o restante da temporada se tornam ainda mais imprevisíveis. A mudança de comando em um rival direto é sempre um catalisador de expectativas e incertezas. Resta agora aos torcedores aguardar os próximos capítulos dessa história, na esperança de que seus clubes encontrem o caminho para o sucesso desejado.

 

Imagem destaque: Lucas Uebel/ GFBPA

Natalia Fontoura

@natifontouraf Repórter, redatora e setorista do Grêmio.

2 Comentários

  1. Eu estive pensando neste nome semana passada mas aí pensei já está em um clube agora livre pode ser uma boa. Quem sabe até um título

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo