Portal do Gremista
Confira as últimas notícias sobre o Grêmio, como jogos, contratações, vendas, rumores, e tudo que você precisa saber sobre o tricolor gaúcho.

- Publicidade -

Romildo não quer uma nova paralisação do futebol

Presidente do Grêmio fala sobre a situação no esporte e defende a manutenção dos jogos

- Publicidade -

O presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, acredita que o futebol brasileiro deve continuar normalmente. Para ele, a paralisação do futebol não resolveria a situação.

- Publicidade -

É provável que você também goste:

Grêmio pode fazer contratação surpreendente para o ataque

Entenda o ranking da IFFHS que trouxe o Grêmio como melhor time da América

Proposta do Grêmio por Borré é melhor que a do Palmeiras, afirma fonte

- Publicidade -

Por mais que tenham morrido mais de 3 mil pessoas em um único dia, para ele, a situação no esporte é diferente. O debate sobre a paralisação voltou à tona após o crescimento dos óbitos.

“O Grêmio segue todos os protocolos adotados desde o ano passado. O Grêmio é a favor da continuidade dos campeonatos, a não ser que seja colocada uma determinação judicial ou sanitária que obrigue os clubes a parar”,  afirmou o presidente.

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Luciano Hocsman, explicou ao site Goal, que a entidade vai continuar divulgando os horários dos jogos com poucos dias de antecedência. Além disso, as partidas vão continuar sendo todas marcadas para o período noturno, após às 20h.

“A possibilidade de parar o futebol no Rio Grande do Sul passa pelo governo do estado. O certo, definido pelo governador Eduardo Leite, é que por enquanto não vamos ter jogos na parte de tarde e que os jogos à noite são suficientes para evitar aglomeração. Foi combinado também que vamos planejar os jogos do Campeonato Gaúcho a cada duas rodadas, enquanto não houver uma nova situação determinante para novas alterações”, frisou.

- Publicidade -

Paralisação do futebol e a Covid-19

Dias atrás, o direto médico da CBF, Jorge Pagura, explicou que a CBF não pensa em voltar com o público nos estádios. Além disso, ele revelou que poucos jogadores apresentam sintomas quando estão contaminados com o vírus.

“Mais de 95% são atletas assintomáticos. Um dos fatos mais importantes é que esses indivíduos assintomáticos não contaminam seus familiares e amigos. Então, o controle ajudou a não propagação do vírus”, comentou.

O problema é que um jogador pode sofrer uma lesão séria e ter que ir para o hospital. Mas, como as unidades estão lotadas, pode causar uma situação delicada.

- Publicidade -

Enfim, gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o Twitter e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

- Publicidade -

Assine nossa Newsletter
Assine nossa Newsletter e fique por dentro das últimas notícias do Gremio
Você pode assinar a nossa newsletter a qualquer momento
Comentários
Carregando...